Fale com o Governo Ações em Destaques

11/10/22 às 11:33

Parceria com Defensoria Pública fortalece atendimento a famílias

Órgão cedeu espaços para execução de serviços relacionados ao Cadastro Único

Agência Brasília* | Edição: Chico Neto

Durante este fim de semana (dias 8 e 9), a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) atendeu imigrantes indígenas venezuelanos da etnia Warao no Núcleo Rural Capão Comprido, em São Sebastião. Foram quase 200 agendamentos. A ação fez parte da parceria firmada em 28 de agosto com a Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) para ampliar o acesso de pessoas em vulnerabilidade à política de assistência social.

Ação conjunta faz parte de acordo firmado em agosto pela Sedes e a Defensoria Pública do DF | Foto: Renato Raphael/Sedes

“Um dos objetivos dessa parceria com a Defensoria é fortalecer a atuação junto às pessoas com deficiência se valendo de apoio técnico, como o atendimento com apoio de intérprete em Libras”, reforça a secretária de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra, que citou também o acordo feito com o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) e a parceria com uma organização da sociedade civil. 

7 mil Número estimado de atendimentos prestados pela equipe móvel da Sedes desde o início deste ano

No primeiro caso, cerca de 300 bombeiros foram treinados para ações concentradas de preenchimento e atualização do Cadastro Único. Na segunda parceria, foram abertos 14 postos para execução dos serviços relacionados ao cadastramento familiar. Conforme o termo firmado, a Defensoria cedeu um veículo e um espaço dentro de sua sede, no Setor Comercial Norte, para atuação dos servidores da Sedes no atendimento ao cidadão.

Em ambos os casos, o trabalho é feito pela equipe móvel da Sedes. Criado no início deste ano, o grupo conta com 28 servidores, entre especialistas e agentes sociais, que já atuaram em mais de 7 mil atendimentos ao longo desse período. “A atuação da equipe móvel é focada na busca ativa das famílias que não acessam os serviços em áreas rurais e urbanas”, explica a titular da Sedes. 

“Estou muito agradecida”, afirmou a refugiada Umi Zapata, uma das atendidas durante a ação do fim de semana. “Sou da Venezuela, indígena Warao, e morando aqui há um ano e dez meses”.

*Com informações da Secretaria de Desenvolvimento Social

Últimas Notícias