Fale com o Governo Ações em Destaques

9/11/22 às 14:08

Zoo treina especialistas em resgate de animais em incêndios florestais

Objetivo é capacitar servidores que integram o Plano de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (PPCIF), coordenado pela Sema

Agência Brasília* | Edição: Carolina Lobo

Profissionais que atuam na identificação, contenção e manejo de mamíferos, aves e répteis, além dos cuidados e primeiros socorros a animais feridos, participam do Curso de Resgate de Fauna em Incêndio Florestal, promovido pela Secretaria do Meio Ambiente, no âmbito do Plano de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (PPCIF). O evento, que teve início terça-feira (8), ocorre até quinta-feira (10), das 8h30 às 17h, na Fundação Jardim Zoológico de Brasília (FJZB), com 20 horas de duração, entre aulas teóricas e práticas.

O Curso de Resgate de Fauna em Incêndio Florestal, promovido pela Secretaria do Meio Ambiente, ocorre até quinta (10) | Fotos: Arquivo/Sema

Entre os temas abordados no curso estão Identificação, contenção e manejo de aves e de mamíferos do Cerrado; Resgate, contenção e manejo de repteis e de artrópodes; Manejo e cuidados com animais feridos; Primeiros socorros, e Veterinária.

A formação é voltada a brigadistas e servidores do Instituto Brasília Ambiental, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Jardim Botânico de Brasília (JBB), Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) e Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA).

Entre os temas abordados no curso estão ‘Identificação, contenção e manejo de aves e de mamíferos do Cerrado’ e ‘Primeiros socorros’

A coordenadora técnica do PPCIF, Carolina Schubart, explica que a ação é de grande importância para a capacitação e integração das instituições. “Principalmente dos brigadistas florestais que trabalham em campo, que, assim que forem bem treinados, podem ajudar a salvar a vida dos animais feridos durante os incêndios, com um resgate realizado de forma mais segura, tanto para eles como para os animais”, ressalta.

A brigadista florestal Amanda Victoria Marques Rodrigues, do Brasília Ambiental, avalia que o curso está sendo bastante útil no dia a dia da profissão. “Acredito que o brigadista florestal é o primeiro que tem contato com o animal que que está machucado. Então, é importante aprender a como proceder com o resgate”, afirma.

A cabo do CBMDF Naiara Rayane de Sá de Oliveira também destacou a importância do curso: “Todas as informações que a gente recebe aqui são essenciais, já que muitas vezes, nos incêndios florestais, encontramos animais feridos que podem ser resgatados e melhor atendidos.”

A médica veterinária e diretora de Aves do Zoológico de Brasília, Ana Cristina de Castro, explica que é importante saber como manejar os animais feridos com mais segurança no momento do resgate. “Tanto para ele, quanto para os profissionais que atuam na ocorrência. A dica é estar atento à individualidade e à fragilidade da espécie e ao modo correto de fazer as contenções”, alerta.

*Com informações da Secretaria do Meio Ambiente do DF

Últimas Notícias