notas oficiais

22/9/19 14:45
Atualizado em 22/9/19 às 15:24

Nota de pesar

Agência Brasília

O governador do DF, Ibaneis Rocha, assinou decreto de luto oficial de três dias, pela morte do padre Kazimierz Wojno – padre Casimiro, como era conhecido na comunidade. O religioso foi morto, na noite de sábado (21), após sofrer uma emboscada de quatro assaltantes. O caso está sendo investigado pela 2ª Delegacia de Polícia (Asa Norte), com empenho total da Secretaria de Segurança Pública do DF.

Veja, a seguir, o pronunciamento do governador:

Este é um momento de pesar para toda a família brasiliense, especialmente os paroquianos da Paróquia de Nossa Senhora da Saúde. O assassinato do padre Casimiro, um homem de paz, amado e admirado por todos, não só choca como nos leva a refletir sobre a sensação de insegurança que recai sobre todos nós. Expõe uma dura realidade que precisamos enfrentar com determinação.
Por mais preparada e equipada que esteja a polícia, por mais rigorosas que sejam as leis, a criminalidade violenta expõe sua face onde e quando menos esperamos. A violência deixou de ser um problema localizado, é um problema de todo o Brasil. Para enfrentá-lo, estou convencido que precisamos promover uma verdadeira revolução, uma mobilização geral com engajamento de todas as forças de bem de nossa sociedade e da polícia.
O combate à criminalidade deve ser encarado como prioridade, daí a necessidade de unirmos forças. A sociedade precisa de paz. Não iremos tolerar que o cidadão ou cidadã se torne refém de criminosos dentro de sua própria casa. Que Deus receba a sua alma, conforte os seus familiares e paroquianos e nos ilumine nesse esforço de garantir a tranquilidade da população”.