27/2/15 16:26
Atualizado em 27/2/15 às 16:26

Governador visita projeto de preservação ambiental

Rodrigo Rollemberg conheceu agricultores que participam do Programa Produtor de Água, na zona rural de Planaltina


. Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Atualizado em 27 de fevereiro, às 14h46

Na manhã desta sexta-feira (27), o governador do DF, Rodrigo Rollemberg, visitou agricultores da região do Pipiripau que participam do Programa Produtor de Água, na zona rural de Planaltina. Alguns dos benefícios gerados à sociedade são a recuperação de áreas de preservação ambiental e de estradas, a conservação do solo e avanços nas questões burocráticas ligadas à exploração sustentável de imóveis rurais, segundo a legislação de Reserva Legal. 

O projeto é fruto de parceria do governo do Distrito Federal com órgãos federais ligados ao manejo hídrico e à agricultura. Os produtores recebem um incentivo financeiro anual para seguirem no programa, que leva em conta o tamanho da propriedade e a capacidade de captação de água, entre outros fatores. Além disso, recebem mudas para plantio nas nascentes e apoio técnico especializado.

As ações executadas pelos produtores de água buscam, sobretudo, favorecer a infiltração hídrica e a consequente recarga do lençol freático. “A questão da água é fundamental para a sustentabilidade do planeta”, reforçou o governador Rodrigo Rollemberg. “Estamos acompanhando no Brasil inteiro exemplos de má gestão desse recurso, e o Distrito Federal está mobilizado para implantar essa cultura de utilização consciente, que será refletida positivamente para as gerações futuras.” Vale lembrar que a capital será sede do Fórum Mundial da Água, em 2018.

Atualmente 20 produtores participam do programa e outros 130 estão cadastrados. O investimento total é de R$ 40 milhões para os próximos 10 anos e vem, principalmente, da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb). A expectativa é atingir 591 agricultores em toda a Bacia do Pipiripau.

Mudas
De acordo com dados da Agência Nacional de Águas, o Programa Produtor de Água na região recebeu 200 mil mudas para ajudar na recuperação das nascentes, o que garantiu a revitalização de cerca de 2 mil hectares por meio da conservação do solo. É importante lembrar que o reaproveitamento hídrico beneficia diretamente 188 mil moradores das áreas urbanas de Planaltina e de Sobradinho com água de qualidade.

“As ações do programa colocam o homem na condição de guardião do meio ambiente”, analisou o coordenador de Implementação de Projetos Indutores da Agência Nacional de Águas, Devenir Garcia dos Santos. “Incentivar financeiramente por meio desses serviços é dividir com as pessoas a responsabilidade de preservar áreas fundamentais para o abastecimento de toda a população.”

Nascentes
Um grupo formado pelo governador Rodrigo Rollemberg e representantes das demais entidades engajadas no programa, como Agência Reguladora de Águas e Saneamento do Distrito Federal (Adasa), Secretaria da Agricultura, Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e Fundação Banco do Brasil, conheceram uma das nascentes do Pipiripau. Logo depois plantaram mudas nas proximidades do local.

Há dois anos no Produtor de Água, o casal Mauro e Fátima Cabral considera importante o incentivo financeiro anual no valor de R$ 3.387,11 e revela o real motivo pelo qual resolveu aderir à iniciativa. “Estamos aqui por amor à terra e à água”, resumiram os agricultores. “Nosso objetivo é nos tornamos um exemplo para que outros também possam aderir à iniciativa e colaborar com a preservação dos recursos naturais.”