19/6/15 15:15
Atualizado em 19/6/15 às 15:15

Delegacias terão atendimento reduzido na terça-feira

Com paralisação prevista por 24 horas, apenas delitos criminais e flagrantes serão registrados

As delegacias de Brasília trabalharão com serviços reduzidos das 8 horas de terça-feira (23) às 8 horas de quarta-feira (24). A ação faz parte da Operação pela Vida, nome dado à mobilização dos policiais civis por melhores condições de trabalho.

As seis centrais de flagrantes de Ceilândia, do Gama, do Recanto das Emas, de Taguatinga e do Plano Piloto estarão funcionando apenas com ocorrências de crimes ou flagrantes. Outros delitos como extravio de documento e acidente de trânsito sem vítima só serão registrados por meio da Delegacia Eletrônica. As outras 25 delegacias de Brasília estarão registrando apenas crimes.

Reivindicações
De acordo com o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Distrito Federal (Sinpol), Rodrigo Franco, entre as reivindicações da categoria estão a falta de efetivo — considerado insuficiente mesmo com a nomeação de 48 agentes nessa quinta-feira (18); a normatização do número de policiais por plantão, que atualmente é três ou quatro e o proposto são seis; e a normatização de critérios objetivos para deslocamento de servidores.

A paralisação parcial do atendimento foi definida em uma assembleia no clube da Associação Geral dos Servidores da Polícia Civil do Distrito Federal, que, segundo o sindicato, reuniu 700 agentes.

Onde registrar crimes em flagrante na terça (23):

Ceilândia — 23ª DP (EQNP 30/34, AE, Lote A/D, Setor P Sul, Ceilândia)
Gama — 20ª DP (EQ 13/17, Área Especial nº 2, Setor Oeste, Gama)
Recanto das Emas — 27ª DP (Quadra 305, Conjunto 1, Lote 2, AE, Recanto das Emas)
Taguatinga — 21ª DP (QS 9, Rua 123, Lotes 09/10, Taguatinga Sul)
Plano Piloto — 1ª DP (SPO – Lote 23, Setor Policial Sul) e na 5ª DP (SGAN 901, Lote A, Asa Norte)