25/6/15 21:22
Atualizado em 25/6/15 às 21:22

Plano de atendimento socioeducativo está disponível para consulta pública

Até 2 de julho, população poderá sugerir novos itens e mudanças no texto

A partir desta quinta-feira (25), está disponível para consulta pública a versão preliminar do Plano Decenal de Atendimento Socioeducativo do Distrito Federal. O último dia para a população sugerir novos itens ou mudanças no texto é 2 de julho, e, até o fim do mesmo mês, o documento será entregue à Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

Participaram da elaboração do projeto cerca de 2,3 mil servidores atuantes na área de direitos da criança e do adolescente e 230 jovens das sete unidades de internação e das 15 unidades de semiliberdade do DF, além de familiares. Agora será a vez de a população avaliar o documento, que propõe metas a curto, médio e longo prazos no sistema socioeducativo.

Um grupo setorial, formado por representantes do governo e da sociedade civil, analisará cada sugestão e, em seguida, fechará a versão final do plano. “Nossa proposta visa construir e desenvolver um sistema socioeducativo articulado. Esperamos que a sociedade leia e enriqueça o texto”, afirma a secretária de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude, Jane Klebia Reis.

Plano Decenal de Atendimento Socioeducativo
Leia a versão preliminar do texto:
Parte 1
Parte 2

Dê sua sugestão aqui.