9/3/16 21:01
Atualizado em 9/3/16 às 21:01

Mais 9 construções irregulares são demolidas em 2º dia de operação no Gama

Segundo a Agefis, na área desocupada, na região da Ponte Alta Norte, está prevista a instalação de equipamentos públicos


. Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

Mais oito edificações de alvenaria e uma de madeira foram demolidas, nesta quarta-feira (9), na região da Ponte Alta Norte — área rural do Gama —, no segundo dia de operação da Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) para retirada de construções irregulares. Os agentes também aterraram uma cisterna séptica, e seis pontos de energia foram desligados pela Companhia Energética de Brasília (CEB). No local das desocupações está prevista a instalação de equipamentos públicos.

A ação começou na terça-feira (8) e só terminará quando forem derrubadas 19 construções do total de 44 identificadas pela Agefis, em um terreno de 109 mil metros quadrados da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap). Os responsáveis por 25 delas tinham liminar para evitar a derrubada. A primeira edificação retirada hoje era de alvenaria e estava fora do condomínio, próximo a um manancial. Ontem removeram-se quatro.

Leia também:

Casas irregulares são retiradas de área rural do Gama

Veja a galeria de fotos:

https://www.flickr.com/photos/agenciabrasilia/albums/72157665627584576″ title=”Mais 9 construções irregulares são demolidas em 2º dia de operação no Gama”>https://farm2.staticflickr.com/1472/25356527070_066ce596c0_c.jpg”width=”800″ height=”531″ alt=”Mais 9 construções irregulares são demolidas em 2º dia de operação no Gama”>