5/4/17 15:36
Atualizado em 5/4/17 às 16:50

Comitiva da República Dominicana visita escolas do DF

Representantes do país caribenho conheceram unidades no Cruzeiro e no Núcleo Bandeirante para entender como funcionam os indicadores nacionais de educação

Representantes do Ministério da Educação da República Dominicana visitaram duas escolas de educação básica do Distrito Federal nessa terça-feira (4). A ação faz parte do acordo de cooperação assinado em agosto do ano passado pelo país caribenho e pelo governo brasileiro.

A Escola Classe 5 do Cruzeiro e a Escola Classe Kanegae, do Núcleo Bandeirante, foram escolhidas para a visitação por apresentarem bons resultados no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Ambas tiraram nota 7, média considerada uma meta somente para 2021.

“De forma coletiva, em cima de uma proposta pedagógica, trabalhamos ao longo dos anos para alcançar esse patamar”, explica a diretora da unidade no Cruzeiro, Luciana de Assis.

À frente da escola do Núcleo Bandeirante, Silvia Emiko Sato também apontou a coletividade como maior aliada. “Se você impõe o plano pedagógico, sem diálogo com os professores, não funciona”, diz. Ela ainda ressaltou a importância da formação continuada dos profissionais de educação para manter a qualidade de ensino.

Acordo entre Brasil e República Dominicana

Um acordo de cooperação técnica para o fortalecimento do sistema de avaliação da educação básica dominicana foi assinado em 17 de agosto de 2016 entre o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a Embaixada da República Dominicana no Brasil e a Agência Brasileira de Cooperação (ABC), do Ministério das Relações Exteriores (MRE).

Durante dois anos, técnicos dominicanos serão capacitados para avaliar a qualidade da educação básica em seu país. Especialistas do Inep vão repassar técnicas de avaliação de competências e de análise pedagógica.