4/10/17 20:14
Atualizado em 4/10/17 às 20:19

Grades de proteção do Palácio do Buriti são retiradas

Estruturas foram removidas nesta quarta-feira (4) para devolver à comunidade uma paisagem limpa, integrada ao conjunto da Praça do Buriti, sem obstáculos para os pedestres

O governo de Brasília retirou as grades de proteção em volta do Palácio do Buriti nesta quarta-feira (4). A remoção já vinha sendo discutida havia alguns meses dentro do próprio Executivo, entre a Casa Militar e a Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social.

Grades em torno do Palácio do Buriti foram retiradas nesta quarta-feira (4).
Grades em torno do Palácio do Buriti foram retiradas nesta quarta-feira (4). Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

A ação foi determinada pelo Protocolo Tático Integrado Buriti, assinado em 3 de agosto de 2017.

Para não prejudicar a segurança no local, as grades poderão ser usadas, de forma temporária, em casos excepcionais que possam comprometer a integridade das pessoas e do patrimônio público.

“Para o governo de Brasília, a retirada das grades na frente do Palácio do Buriti tem grande valor simbólico. Sem descuidar da segurança da sede do Poder Executivo, estamos devolvendo à comunidade uma paisagem limpa, na qual o palácio se integra à Praça do Buriti em harmonia com o projeto urbanístico da cidade”, justificou o secretário adjunto da Casa Civil, Fábio Rodrigues Pereira.

A medida também atende à recomendação do Ministério Público Federal para que sejam retiradas todas as grades que cercam os monumentos tombados da cidade, como os Palácios do Planalto, da Alvorada e do Supremo Tribunal Federal (STF).

Galeria de Fotos

Grades de proteção do Palácio do Buriti são retiradas