12/1/18 13:45
Atualizado em 12/1/18 às 13:55

Saúde recebe 57 refrigeradores para armazenar medicamentos

Equipamentos serão distribuídos para todas as farmácias da rede pública do DF. Até o fim do ano, chegarão outros 163 aparelhos

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal recebeu 57 novos refrigeradores, de 220 previstos, para armazenamento de remédios sensíveis à temperatura.

“Os novos refrigeradores vão garantir a boa qualidade dos produtos, pois têm controle de temperatura. Assim que forem cadastrados no patrimônio da pasta, os equipamentos serão distribuídos para todas as farmácias da rede pública de saúde”, explica a gerente de Assistência Farmacêutica Especializada, Julia Moreira.

Há dois tipos de equipamentos: um menor, de 340 litros, orçado em R$ 12.014 cada um, e um maior, de 490 litros, no valor de R$ 16,3 mil cada um. Eles foram adquiridos por meio de licitação por menor preço.

A expectativa é que os outros 163 refrigeradores cheguem ao longo de 2018. Hoje, os medicamentos termolábeis (que precisam de refrigeração) são guardados em geladeiras comuns, rotineiramente inspecionadas para a verificação da qualidade do armazenamento.

Com os novos refrigeradores, a Secretaria de Saúde poderá acondicionar de maneira mais adequada os remédios.