9/11/18 18:21
Atualizado em 9/11/18 às 18:21

Jogos Escolares da Juventude começam na segunda (12) em Natal

Delegação de Brasília tem 224 alunos de 83 escolas públicas e privadas. Serão 14 modalidades esportivas, como o xadrez

Considerado o maior evento estudantil esportivo do Brasil, os Jogos Escolares da Juventude começam na segunda-feira (12), em Natal (RN).

Para participar do torneio, a Secretaria de Educação selecionou 224 alunos — de 83 escolas públicas e privadas —, 29 técnicos, 2 chefes de delegação, 4 oficiais, 3 jornalistas e 2 fisioterapeutas.

Jogos Escolares da Juventude começam na segunda (12) em Natal
Considerado o maior evento estudantil esportivo do Brasil, os Jogos Escolares da Juventude começam na segunda (12), em Natal (RN). Xadrez está entre as 14 modalidades. Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília 19.11.2017

Embora a abertura oficial seja no dia 12, o apito inicial só será ouvido na terça (13), quando se iniciam as competições.

O encerramento está marcado para 26 de novembro.

Nesta edição, haverá mais de 5 mil atletas dos 26 estados e do DF. Podem participar estudantes de 12 a 14 anos e de 15 a 17 anos.

Serão 14 modalidades:

  • Atletismo
  • Badminton
  • Basquete
  • Ciclismo
  • Futsal
  • Ginástica rítmica
  • Handebol
  • Judô
  • Luta olímpica (wrestling)
  • Natação
  • Tênis de mesa
  • Vôlei
  • Vôlei de praia (apenas na categoria de 15 a 17 anos)
  • Xadrez

Para Luís Maurício Montenegro, gerente de Educação Física e Desporto Escolar, da Secretaria de Educação, e um dos chefes da delegação brasiliense, o desempenho dos estudantes não pode ser avaliado apenas pelo lugar no pódio.

"O objetivo é dar sequência à vida esportiva dos alunos para contribuir na formação complementar da vida pessoal"Luís Maurício Montenegro, gerente de Educação Física e Desporto Escolar, da Secretaria de Educação

“O objetivo é dar sequência à vida esportiva dos alunos para contribuir na formação complementar da vida pessoal. Há expectativa por medalhas, mas que todos façam o melhor e que voltem com segurança”, pondera o professor.

O transporte aéreo dos atletas foi pago pelo governo do Distrito Federal. Já a hospedagem, com café da manhã, almoço e jantar, pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB).

A edição de 2017, que reuniu somente jovens de 15 a 17 anos, ocorreu em Brasília. Na ocasião, o DF conquistou 16 medalhas — 4 de ouro, 5 de prata e 7 de bronze.

Foram cerca de 4 mil participantes de 1.360 colégios públicos e particulares de todas as regiões do Brasil.

Jogos Escolares da Juventude revelam atletas para o alto rendimento

De acordo o COB, o evento reúne mais de 2 milhões de jovens nas seletivas municipais e estaduais. A competição já revelou atletas para o alto rendimento, como as campeãs olímpica Sarah Menezes e mundial Mayra Aguiar, ambas do judô.

Na delegação brasileira que esteve nos Jogos Olímpicos de Londres (2012), 17 atletas disputaram a competição estudantil.

Os Jogos Escolares da Juventude foram criados pelo COB, em 2005, e contam com o apoio do Ministério do Esporte.

Edição: Raquel Flores