3/3/19 11:53
Atualizado em 12/7/19 às 16:47

Chuvas tiram os foliões das ruas mais cedo

Ninguém deixou de brincar, mas clima chuvoso fez muita gente voltar logo para casa

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) calcula em 70 mil o número de foliões que compareceram aos blocos carnavalescos no sábado (2). Foram empregados cerca de 900 policiais em todos os eventos do primeiro dia de Carnaval, que terminou na madrugada deste domingo (3). A PMDF também atuou na Rodoviária do Plano Piloto, onde houve aglomeração de foliões que fugiam da chuva.

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) contabilizou 21 casos de furto de celular, entre a noite de sábado e a madrugada deste domingo, cinco ocorrências de lesão corporal, cinco flagrantes por porte de drogas e três por tráfico de drogas, quatro ocorrências de embriaguez no trânsito e outras três por roubo a transeunte. A PDCF também fez um registro de tentativa de homicídio, uma tentativa de latrocínio, um caso de roubo em coletivo, um furto em veículo, uma ocorrência de estupro, um caso de injúria por sexo/gênero e um porte de arma branca.

Os militares do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF) atenderam, até a zero hora deste domingo, 42 ocorrências: 24 casos de abuso de álcool, quatro vítimas de arma branca, quatro pessoas agredidas e três pessoas com fraturas. Duas pessoas foram atropeladas. Quatro pessoas precisaram do socorro dos bombeiros por se sentirem mal, uma delas sofrendo mal súbito. Todas receberam atendimento e foram liberadas em seguida.

Metrô

No sábado (2), a Companhia do Metropolitano do DF registrou nove trens vandalizados, com quatro extintores indevidamente acionados, duas janelas quebradas e sete portas danificadas. Com o objetivo de evitar depredação nos trens e nas estações, a companhia lançou a campanha “Hora de cair na folia! Só não vale quebrar o Metrô” para conscientizar os usuários sobre a necessidade de preservar o patrimônio público.

No ano passado, a empresa teve um prejuízo aproximado de R$ 50 mil, com vidros das janelas e portas dos vagões quebrados, acionamento sem necessidade do botão soco (de emergência) e de extintores de incêndio.

Uma das peças da campanha alerta que é crime o uso indevido do botão soco – dispositivo que só deve ser acionado em caso de extrema necessidade, pois a composição precisa parar para que o piloto verifique o que ocorreu.

Intervenções

O Departamento de Transito do Distrito Federal (Detran-DF) fez intervenções no trânsito em seis locais diferentes: Eixo Monumental, Parque da Cidade, Águas Claras, Setor de Indústrias Gráficas, Asa Norte e Setor Bancário Norte. As ações foram realizadas entre as 9h de sábado e as 3h deste domingo.

O estacionamento do Estádio Nacional de Brasília recebeu o bloco Babydoll de Nylon, das 13h às 20h. Para a organização do trânsito, foi necessário fechar a via de contorno do Estádio e duas faixas de rolamento, à direita da via N1. No Parque da Cidade, a via de contorno ficou em sentido único anti-horário, das 14h às 2h, no trecho compreendido entre a 906 e a 911 Sul, em razão do evento Carnaval no Parque.

Na Asa Norte, o estacionamento público da Quadra 4 do Setor de Autarquias Norte – atrás da 201 Norte – ficou fechado, das 17h de sábado à zero hora deste domingo, para o Carnaval Praça dos Prazeres. No Setor Bancário Norte, a interdição ocorreu no estacionamento público próximo ao Edifício Vale do Rio Doce, das 15h às 22h, para festa do bloco Rejunta meu Bulcão.

Já na Quadra 8 do Setor de Indústrias Gráficas, o estacionamento público em frente ao Primeiro Bar ficou interditado, das 11h às 2h, para o evento Melhor Carnaval do Primeiro. Em Águas Claras, o estacionamento público situado na Rua 31 Sul – entre as avenidas Araucárias e Boulevard Sul – também ficou fechado, das 15h às 22h, para o desfile das escolas de samba.

O Detran-DF informou que as ações de fiscalização ficaram prejudicadas pela chuva e por necessidade de deslocar efetivo para atendimento de acidentes. Ainda assim, os agentes fizeram 64 abordagens a condutores, na Asa Norte e em Sobradinho, com nove autuações por embriaguez e uma pessoa flagrada sem habilitação. Ocorreram cinco remoções de veículos e 39 veículos foram autuados.

As equipes do Detran atuaram nos blocos Carnapaty, Babydoll de Nylon, Asé Dudu e Carnaval no Parque com a entrega de materiais educativos para aproximadamente cinco mil pessoas. As ações envolveram 112 agentes, 32 viaturas e três guinchos.

* Com informações da PMDF, PCDF, Detran DF,  CBMDF e Metrô-DF