5/8/19 14:32
Atualizado em 5/8/19 às 14:55

Paco entrega instalações do Cepi Bambu em Samambaia

Em três anos estão previstos cem outros centros educacionais

Foto: Vinícius de Melo / Agência Brasília

Em menos de suas semanas, o Governo do Distrito Federal (GDF) entregou para a comunidade de Samambaia dois Centros de Educação da Primeira Infância (Cepi). Na manhã desta segunda-feira (5), foi inaugurada a unidade Bambu, localizada na Quadra 208 daquela cidade.

A cerimônia de entrega das instalações contou com a presença do vice-governador Paco Britto, acompanhado da esposa Ana Paula Hoff, o secretário de Educação do DF, Rafael Parente, e demais autoridades.

Entre as novidades apresentadas para o setor, está prevista a inclusão, até o mês de setembro deste ano, de um projeto-piloto de inclusão destinado a crianças autistas e com Transtornos Global do Desenvolvimento (TGDs), conforme informou a diretora do Cepi Bambu, a neuropsicopedagoga Ana Paula Soares. Para ela, esses centros representam uma esperança relacionada à Educação.

A unidade de Bambu vai oferecer 174 novas vagas em creche para crianças entre quatro meses e três anos de idade. O mesmo número de vagas foi destinado ao Cepi Azulão, inaugurado também pelo vice-governador, na última segunda-feira (29/7). Paco Britto anunciou que o governo equipará a terceira e próxima creche da região – o Cepi Bem-Te-Vi. “Serão disponibilizadas 787 vagas, somente neste mês. Por determinação do governador Ibaneis, vamos entregar, em três anos, cem outros centros educacionais”, adiantou.

Paco fez questão de ressaltar a tranquilidade dos ambientes dos centros. “(Os pais) vão poder sair de casa e saber que os filhos foram entregues em boas mãos. Estamos de olho no Distrito Federal, em todas áreas. Essa é a preocupação do governador: dar tranquilidade à população. Cuidem. Isso aqui é de vocês, da população do Distrito Federal”, concluiu.

O secretário Rafael Parente garantiu que dobrará o número de vagas nesse governo. “Essa é a segunda inauguração [a de Bambu] de 98 creches que queremos entregar”, reforçou, acrescentando que o plano de obras será apresentado à sociedade assim que este for aprovado. Ele salientou ainda que as emendas parlamentares são essenciais para “auxiliar nessas melhorias”.

Presente ao evento, o deputado federal Júlio César contou que dos R$ 40 milhões conseguidos em emendas junto ao governo federal, boa parte, segundo ele, será investida em Samambaia. “Um milhão e trezentos mil reais serão destinados ao próximo Cepi, o Bem-te-vi”, revelou.

Representando a comunidade, o pai do aluno Davi Emanuel, Anderson Emanuel, agradeceu ao governo pela entrega do Cepi que representou uma “grande valia” para toda comunidade da cidade. Concordou com ele a professora Geane Pereira Nunes, 29 anos, responsável por uma sala de 19 alunos, do Maternal II, onde estudam crianças de três anos. “Eu gosto da educação infantil e os pais acompanham e aprovam nosso trabalho. A primeira semana foi de adaptação”, disse ela, que conta com auxílio de dois monitores.

Investimentos
De acordo com o coordenador da Regional de Ensino, Elivan Feitosa, foram investidos R$ 3 milhões na construção do Cepi Bambu e de 400 a 600 mil reais para mobiliar o local. A obra ficou pronta no fim de dezembro do ano passado. Até o momento, Samambaia conta com um total de 27 centros, sendo que sete são prédios próprios e o restante das instituições são conveniadas.

Responsável por esta e mais duas obras entregues, a engenheira Daniela Miscena informou que a construção padrão dos Cepis tem aproximadamente 1.100 metros quadrados. Até o fim do ano, segundo o plano estratégico, serão 1.200 vagas locais.

Após os pronunciamentos, Paco Britto e demais autoridades descerraram a placa de inauguração. Os presentes puderam também prestigiar a execução da Banda Marcial em Samambaia, sob a regência do maestro professor Sylvio César, cujo projeto social atende crianças carentes de sete a 14 anos. O projeto funciona há quatro meses e possui, até o momento, 50 componentes com duas aulas semanais.

Também compareceram ao evento o subsecretário de Planejamento, Acompanhamento e Avaliação da Educação, Cláudio Amorim; o administrador regional de Samambaia, William Lima; os deputados distritais Jorge Viana e Martins Machado; líderes comunitários; professores e monitores e a comunidade local.

Galeria de Fotos

Entrega das instalações do CEPI Bambu em Samambaia