5/9/19 12:30
Atualizado em 6/9/19 às 10:19

Polícia civil empossa 83 peritos e anuncia concurso para agente

Governador Ibaneis Rocha homenageou os novos profissionais pela conquista. Novo certame terá 600 vagas para preenchimento imediato e 1.200 de cadastro reserva

Renato Alves/Agência Brasília
O governador Ibaneis Rocha anunciou a autorização de concurso para 1.800 agentes de polícia

A segurança do Distrito Federal ganhou reforço nesta quinta-feira (5). Em cerimônia no Palácio do Buriti, 83 peritos criminais tomaram posse em seus cargos. Durante o evento, o governador Ibaneis Rocha entregou 122 veículos Citroën C4 à Polícia Civil totalizando 463 novos veículos no ano. O governador anunciou, ainda, a autorização para concurso de 1.800 agentes de polícia, sendo 600 vagas de preenchimento imediato e 1.200 de cadastro reserva, ação que reforça a polícia judiciária e investigativa da capital.

“Um concurso dessa magnitude, como o dos peritos criminais, envolve não só o concursando, mas, também, as famílias. Fica aqui os meus parabéns e fico alegre que vocês têm disposição em ajudar a população do Distrito Federal”, disse Ibaneis Rocha falando aos peritos. O governador também citou o concurso para 300 escrivães da Polícia Civil que está no processo de escolha de banca. E anunciou que, em janeiro de 2020, convocará 100 oficiais e 750 praças da PMDF para o curso de formação. 

Também participaram da cerimônia o vice-governador Paco Britto; o coronel Julian Pontes, comandante-geral da PMDF; Carlos Emilson, comandante-geral do CBMDF; Anderson Torres, secretário de Segurança Pública; o líder do governo na Câmara Legislativa, deputado Claudio Abrantes; e o diretor-geral da PCDF, Robson Cândido. “Todas as entregas e investimentos na Polícia Civil do DF serão devolvidos aos cidadãos. Todos clamam e esperam um Distrito Federal cada vez mais seguro para se viver. Estamos investindo em inteligência policial, tecnologia e um bom ambiente”, disse o Cândido.

O ano de 2019 tem sido de grandes transformações para a corporação, seja com a renovação da frota de veículos, reformas e construções de novos espaços e o investimento em tecnologia. Os reparos em delegacias e em setores do Departamento de Polícia Especializada são algumas dessas ações.

A renovação da frota e o aumento do efetivo também constam das ações da PCDF. Veja os detalhes abaixo:

Obras
A reforma e construção de novas sedes busca dar conforto aos policiais civis e também à população. Nesse sentido, a corporação está construindo a nova 17ª Delegacia de Polícia, em Taguatinga Norte, e o hangar da Divisão de Operações Aéreas do Departamento de Operações Especiais (DOE).

Em fase final de obras estão as sedes da Coordenação de Repressão à Corrupção, ao crime Organizado, aos Crimes contra a Administração Pública e aos Crimes contra a Ordem Tributária (Cecor) e do Instituto de Criminalística, que vai expandir as suas instalações.

A PCDF também tem projetos para a reforma da 9ª DP (Lago Norte) e a 10ª DP (Lago Sul), bem como a construção de um novo espaço para a 12ª DP (Taguatinga Centro). A viabilização da nova sede do Instituto de Medicina Legal (IML) aguarda trâmites legais para ter a licitação liberada.

Lúcio Bernardo Jr/Agência Brasília
Instituto de Criminalística da PCDF está quase concluído
Lúcio Bernardo Jr/Agência Brasília
Melhorias no Departamento de Operações Aéreas da PCDF
Lúcio Bernardo Jr/Agência Brasília
Obras na Cecor, dentro do Departamento de Polícia Especializada (DPE)

Viaturas
Em 2019, os profissionais receberam novas viaturas para o trabalho. A lista de veículos conta com 100 Renault Sandero, 150 Nissan Versa, 78 Citroën C4, quatro guinchos e nove Toyota Etios. Além dos 122 veículos Citroën C4 entregues nesta quinta-feira (5), totalizando 463 novos veículos no ano.

Paulo H.Carvalho/Agência Brasília
PCDF recebeu 122 novas viaturas em cerimônia no Palácio do Buriti nesta quinta-feira (5)

Efetivo
Além dos 83 peritos criminais que tomaram posse nesta quinta (5), outros 34 servidores foram nomeados em 2019, sendo dois agentes de polícia, 17 delegados e 15 papiloscopistas. Assim, neste ano, 117 profissionais foram chamados. O GDF também autorizou concurso para 1.800 agentes de polícia, reafirmando o compromisso de fortalecer o quadro da Polícia Civil.

Renato Araújo/Agência Brasília
Reabertura das delegacias 24h por dia foi uma das medidas do GDF para a área 

Ações
A abertura das Delegacias 24 horas foi um dos principais marcos da gestão da Secretaria de Segurança Pública (SSP) durante os primeiros seis meses de governo. O número de homicídios diminuiu 12,3%, entre janeiro e junho, em comparação ao ano passado. O homicídio tentado teve queda de 5,2%. A reabertura das delegacias foi possível graças à aprovação da Lei nº 6.261, que instituiu o serviço voluntário na PCDF. O plantão começa às 8h todos os dias da semana. E as equipes de plantão serão complementadas por policiais civis que prestarão serviço voluntário.

Outra novidade é que a população do Distrito Federal foi a primeira do país a ter acesso à identidade digital. Lançada em agosto por meio de aplicativo desenvolvido por servidores da PCDF, a e-Identidade tem o mesmo valor que o documento físico e pode ser usada em todo o território nacional.

Em outra linha de ação, a Polícia Civil arrecadou R$ 1,2 milhão em leilão de veículos, sucatas e peças automotivas. O recurso será destinado ao Fundo de Modernização, Manutenção e Reequipamento da Polícia Civil do Distrito Federal — FUNPCDF.

Operações
A PCDF deflagrou mais de 70 operações policiais em 2019, que resultaram no cumprimento de diversos mandados de prisão e de busca e apreensão. Foram realizadas, aproximadamente, três operações policiais a cada semana.

Armamento
A Procuradoria do Distrito Federal analisa edital de licitação para a aquisição de 5 mil pistolas 9mm.

Veja como foi a cerimônia:

Galeria de Fotos

GDF empossa 83 peritos criminais