28/1/20 8:24
Atualizado em 28/1/20 às 8:25

Detran começa a implantar nova placa e suspende serviços

Para se adequar ao sistema, desenvolvido pelo Serpro, alterações e novos emplacamentos não serão feitos nestas quinta (30) e sexta (31)

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal dará início ao processo de implantação do novo modelo de Placa de Identificação Veicular (PIV), e por esta razão, nesta quinta e sexta-feira (30 e 31 de janeiro) não será possível realizar serviços relativos a alteração de placas e novos emplacamentos veículos no DF. A previsão é que no dia 3 de fevereiro (segunda-feira) o serviço volte a funcionar normalmente.

Para realizar a mudança será necessária uma adequação no sistema de informática que gerencia todas as informações da frota de veículos do Distrito Federal. Por isso, qualquer tipo de transição no sistema não será possível até a conclusão do processo. 

De acordo com o Serpro, responsável por desenvolver a ferramenta que será utilizada, o Sistema Nacional de Emplacamento permite a rastreabilidade digital de fabricação, distribuição, recebimento e inutilização de placas semiacabadas (blanks), bem como a autorização, estampagem e vinculação das placas PIV ao respectivo veículo.   

O Detran está obedecendo a Resolução nº 780/2019, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que dispõe sobre o novo sistema de placas de identificação de veículos registrados no território nacional e as medidas de transição entre o atual e o novo sistemas, observando o prazo máximo de adesão, que é até o dia 31 de janeiro deste ano e inclui todos os órgãos e entidades executivas de trânsito do Estado e do Distrito Federal.

Placa de identificação veicular (PIV)
A implantação ou substituição de placas será obrigatória nos casos de primeiro emplacamento, alteração de categoria, transferência de unidade da federação, quando houver ocorrências de furto, roubo, extravio ou dano à placa, situações em que o proprietário requeira placa avulsa e se for necessária a instalação de segunda placa traseira. O serviço será aplicado ainda, no caso de transferência de propriedade na circunstância em que o vistoriador sinalizar no relatório, a necessidade de troca.    

A nova PIV traz elementos de segurança como o emblema oficial do Mercosul, Bandeira do Brasil impressa na película retrorrefletiva, distintivo internacional do Brasil (BR), marca d’água com o emblema do Mercosul em formato circular e Código bidimensional (2D).

* Com informações do Detran-DF