15/2/20 13:02
Atualizado em 15/2/20 às 13:26

Pessoas em situação de vulnerabilidade são contempladas com ingressos

Supercopa acontece neste domingo no Mané Garrincha

 

A Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania (Sejus-DF) disponibilizará ingressos para instituições envolvidas com causas sociais e pessoas em situação de vulnerabilidade para a final da Super Copa de Futebol entre os times do Flamengo e Atlético Paranaense. O jogo acontece no próximo domingo, dia 16/02, às 11h, no Estádio Nacional de Brasília.

Para realizar esta ação, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) doou três mil ingressos para a Sejus como cota social. A iniciativa não implicará em nenhum ônus para o Governo do Distrito Federal. As instituições selecionadas pela Sejus atendem critérios técnicos de atendimento social a pessoas em situação de vulnerabilidade. No momento já são 1.479 pessoas confirmadas através de entidades. Este levantamento está sendo realizado pela Subsecretaria de Direitos Humanos e Igualdade Racial da Sejus, à frente da iniciativa.

A Subsecretaria de Apoio a Vítimas de Violência da Sejus (Subav) também fará distribuição de parte desses ingressos para essa população, com 480 pessoas já confirmadas. Também serão contemplados com a cota social da CBF os adolescentes do Sistema Socioeducativo do Distrito Federal que fazem parte do regime do meio aberto acompanhados dos funcionários da Sejus, que supervisionam a atividade. Ao todo serão 235, sendo 162 adolescentes e 73 servidores. Os CEUs das Artes também estão envolvidos nessa repartição para pessoas vulneráveis.

*Com informações da Secretaria de Justiça