BRB
18/2/20 15:43
Atualizado em 19/2/20 às 9:59

BRB assina cooperação com Sesc e Senac em Minas

Banco vai oferecer condições especiais em serviços e produtos financeiros para os funcionários das duas instituições

Um dia depois de anunciar sua chegada ao Tocantins, o Banco de Brasília (BRB) assinou nesta terça-feira (18) um termo de cooperação com o Serviço Social do Comércio (Sesc) e com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), de Minas Gerais. A ação amplia a presença do BRB no Estado e faz parte do projeto de expansão nacional e fortalecimento da instituição como banco de desenvolvimento econômico, social e humano.

A parceria com o Sesc e o Senac de Minas Gerais prevê uma maior proximidade do banco com as empresas dos setores de comércio, serviços e turismo do Estado. “O nosso objetivo é retomar a característica original do BRB, que nasceu como um banco regional de fomento. A abertura de agências e operações em outros Estados faz parte dessa estratégia, que vai fortalecer não apenas o Distrito Federal, mas também essas praças”, disse o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, que viajou até Minas Gerais para participar da cerimônia.

O BRB vai oferecer ainda condições especiais em serviços e produtos financeiros para os funcionários das duas instituições. O banco também vai ter uma estrutura de atendimento em Belo Horizonte (já possui uma agência na cidade mineira de Unaí). Desde setembro, o banco tem firmado parcerias com diversos setores econômicos como parte de sua estratégia de expansão nacional. A ênfase tem sido nas regiões Centro-Oeste e Nordeste.

“Com o início das operações em Minas Gerais, já estamos em três estados, além do Distrito Federal: Piauí, Tocantins e Minas. É um momento importante na história do banco, que muito recentemente esteve envolvido em transações suspeitas, inclusive com a prisão de alguns diretores, mas que agora vive seu melhor momento, com crescimento e novas perspectivas. Vamos seguir por este caminho”, afirmou Ibaneis Rocha.

Após reunião com as diretorias do Sesc e do Senac, Ibaneis dirigiu-se para encontro com o governador do estado, Romeu Zema.

Acordo semelhante ao assinado nesta terça-feira já foi estabelecido com a Confederação Nacional do Comércio (CNC) e com a Fecomércio do DF, do Piauí e de Tocantins.

“Trabalhamos para transformá-lo em banco de fomento, de desenvolvimento econômico e social”, afirma o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa. Ele reforça que o planejamento do BRB em 2020 é focado na expansão nacional por meio de importantes parcerias, além do lançamento, nos próximos meses, do Banco Digital.

* Com informações do BRB