20/2/20 16:46
Atualizado em 20/2/20 às 16:53

Iges-DF busca qualificação para atestar melhorias no Hospital de Base

Título de acreditação da ONA certifica a qualidade de serviços de saúde no Brasil, com foco na segurança do paciente

Francisco Araújo: “O que nos sustenta aqui é o contrato de gestão com a Secretaria de Saúde. Somos avaliados pelo resultado que produzimos” | Foto: Davidyson Damasceno / Iges-DF

Após realizar uma série de melhorias que elevaram o padrão dos serviços, o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF) busca para o Hospital de Base a Certificação em Acreditação Hospitalar, nível 1, concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA). Em reunião com gestores na unidade, o diretor-presidente do Iges-DF, Francisco Araújo, destacou a importância do reconhecimento.

“O que nos sustenta aqui é o nosso contrato de gestão com a Secretaria de Saúde do DF. Somos avaliados pelo resultado que produzimos. Por isso, cada um dos trabalhadores tem uma importância muito grande fazendo a sua parte para conseguirmos essa certificação, que será mais um reconhecimento a todo o trabalho que está sendo feito no Hospital de Base”, frisou Araújo.

O vice-presidente do Iges-DF, Sérgio Costa, destacou que a alta gestão já está alinhada ao processo de certificação. “Para cumprir com essa missão e consolidar o nosso modelo de gestão, agora precisamos realizar ações engajadas que venham ao encontro da organização e da estruturação dos processos”, ressaltou.

“Aqui temos os melhores profissionais e a acreditação é um diploma do que nós já fazemos, porque é o reconhecimento da qualidade, da segurança e do comprometimento da nossa instituição”, complementou o diretor de Atenção à Saúde do Iges-DF, Júlio Ferreira, ao reforçar a importância de unir esforços para alcançar essa meta.

Método

A acreditação é um método de avaliação e certificação que busca, por meio de padrões e requisitos previamente definidos, promover a qualidade e a segurança da assistência no setor de saúde. Para ser acreditada, a organização precisa comprovadamente atender aos padrões definidos pela ONA, reconhecidos internacionalmente.

Por isso, aumentar a transparência dos processos de trabalho com a formalização e a documentação do que está sendo feito foi uma das orientações frisadas pelo superintendente do Hospital de Base, Antônio Bonaparte. “Temos que seguir rotinas e protocolos de forma padrão em relação ao que nós já sabemos fazer. Basta documentar. Precisamos realmente do envolvimento dos líderes para captar os trabalhadores da ponta a ingressar neste processo”, orientou.

A gerente de Qualidade do Iges-DF, Simone Barcelos, esclareceu que, para o HB ser acreditado, é necessário atender aos requisitos formais, técnicos e de estrutura para a sua atividade, conforme legislação correspondente, além de identificar riscos específicos e gerenciar com foco na segurança.

Entre os benefícios da acreditação estão padronização dos processos de trabalho, o que facilita a organização das tarefas, evita desperdício e gera economia de recursos. O padrão funcional também melhora a qualidade e a produtividade e aumenta a satisfação dos usuários do serviço, em um processo de melhoria contínua.

 

* Com informações do Iges-DF