29/2/20 16:28
Atualizado em 29/2/20 às 16:28

Farmácia de alto custo de Ceilândia funcionou neste sábado (29)

Medida garantiu que usuários pudessem retirar os medicamentos do mês

As farmácias de alto custo funcionam de segunda a sexta-feira, mas a de Ceilândia, excepcionalmente, abriu neste sábado | Foto: Divulgação / SES

Os usuários de medicamentos de alto custo ganharam mais um dia para conseguir retirar os seus insumos. A farmácia de Ceilândia abriu na manhã deste sábado (29), das 7h às 12h, com o propósito de entregar a medicação aos pacientes que não conseguiram pegar seus remédios durante a semana.

“Não temos o número de pacientes que estiveram aqui hoje porque não foi necessária a distribuição de senhas”, informa a responsável pela farmácia de alto custo de Ceilândia, Aline da Silva Chagas. “Não houve espera pelo atendimento”, destacou a gestora.

A farmácia atende cerca de 13 mil usuários por mês, uma média diária de 500 atendimentos. Em fevereiro, o funcionamento foi impactado devido ao menor número de dias úteis, o que levou os gestores a tomarem algumas medidas para que nenhum paciente ficasse sem seu medicamento.

13 milMédia de atendimentos mensais da farmácia de alto custo de Ceilândia

“Nosso horário de funcionamento é das 8 horas da manhã às 5 da tarde, mas diante do grande número de pacientes que aguardavam na fila, ficamos além desse horário”, explica Aline. “Como na última sexta-feira [28] a demanda foi ainda maior, nos organizamos para abrir a farmácia hoje [sábado, 29] pela manhã.” Na noite de sexta-feira, a farmácia entregou o último medicamento às 22h.

Reforma e melhorias

A unidade passou recentemente por reformas. O número de guichês aumentou de 12 para 16, e dois consultórios para atendimento de farmácia clínica foram revitalizados, somando, agora, quatro salas. O prédio também ganhou pintura nova, mais assentos para a espera, reforma nos banheiros e climatização da área de estoque dos medicamentos, para garantir a qualidade e eficácia dos remédios.

O complexo da farmácia de Ceilândia terá, ainda, mais um bloco revitalizado. Nesse espaço serão desenvolvidas as atividades gerenciais e administrativas, bem como seguirá funcionando o cadastro de novos usuários e o atendimento a pacientes de insuficiência renal.

Atendimento nas unidades

A farmácia de alto custo de Ceilândia, assim como as do Gama e da Asa Sul, faz parte do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica. Juntas, atendem, diariamente, 1.250 pacientes, com funcionamento de segunda a sexta-feira.

253.523Total de medicamentos dispensados em janeiro, somente na unidade de Ceilândia

Somente em Ceilândia foram dispensados, em janeiro, 253.523 medicamentos de alto custo. A expectativa, com a revitalização, é que a unidade aumente para cerca de 350 mil remédios dispensados por mês.

 

* Com informações da Secretaria de Saúde (SES)