22/4/20 16:25
Atualizado em 22/4/20 às 17:41

Novacap reforça frota de rolos compactadores

Foram adquiridos 30 novos rolos que foram distribuídos entre todas as 34 cidades do DF

“Quem conhece os problemas das cidades são as pessoas que lá vivem”. Essa frase tem norteado as ações da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) que, desde o final de 2019, vem investindo na aquisição de rolos compactadores de pequeno porte e reforçando a parceria com as Administrações Regionais nas operações de tapa-buraco.

A ideia, de acordo com Elzo Bertoldo, diretor de administração da Novacap, é desburocratizar atividades essenciais desenvolvidas pela companhia, promovendo atendimento imediato de acordo com as demandas diárias das cidades. Para isso, foram contratados 30 novos rolos compactadores, totalizando 42 equipamentos, e esses foram distribuídos entre todas as 34 cidades do DF.

“Desde assumimos a gestão do Distrito Federal o  número de ‘rolinhos’, como são popularmente conhecidos, saltou de 12 para 42, o que possibilitou o comodato desses equipamentos para todas as RAs”, afirmou Bertoldo, ao explicar que, em alguns locais,   razão da proximidade com outras cidades e pela  menor extensão territorial, os aparelhos são compartilhados, enquanto nas administrações mais populosas são utilizados dois rolos compressores.

“Além do comodato dos rolinhos, oferecemos treinamento para que os servidores das RAs  possam operar esses equipamentos. Essa foi uma determinação do governador Ibaneis Rocha e do secretário de governo José Humberto, visando  dar mais autonomia às administrações e preparar a Novacap para execução de pavimentação total, uma vez que a nossa malha viária está velha e precisa de ações eficazes”, concluiu.

A Novacap também conta com outros cinco compressores de médio porte, que acompanham as acabadoras nos trabalhos de recapeamento total das vias. Em todas as operações citadas, a massa utilizada é produzida pela indústria de asfalto da companhia.

A ideia foi bem recepcionada pelos administradores. “Vejo como uma ótima ação do GDF para que as administrações possam ter maior efetividade, atendendo melhor a comunidade. Sabemos que o tapa-buracos é uma ação paliativa, ainda assim é muito cobrada pela população. Com essa estrutura as demandas estão sendo resolvidas com mais celeridade, é uma forma de potencializar nossos trabalhos, já que temos atendimento direto com a comunidade”, comemorou Carlos Dalvan,  administrador do Recanto das Emas.

* Com informações da Novacap