8/6/20 16:55
Atualizado em 8/6/20 às 16:59

Crianças ganham cartilha contra incêndio residencial

O folheto do Corpo de Bombeiros funciona como guia prático e tem caráter lúdico. Há até uma página para elas desenharem a rota

Com o objetivo de prevenir incêndios em residências, principalmente em época de isolamento social devido ao novo coronavírus, o Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF) lançou um plano de escape e prevenção de incêndios voltado principalmente para o público infantil. (Veja arte ao final do texto.)

“O planinho de fuga foi produzido com o objetivo melhorar a cultura da segurança contra incêndio, especialmente com crianças. O material apresentado, ao trazer para as crianças a importância de saber como sair de forma segura da sua residência em caso de incêndio, tem também o potencial de levar para toda a família a discussão sobre outros assuntos voltados para a prevenção de incêndio”, esclarece o chefe da Assessoria Técnico-Administrativa do CBMDF, coronel George Cajali.

O material foi produzido com base em uma publicação de grande utilização e repercussão da National Fire Protection Association (NFPA), entidade considerada a fonte dos códigos e normas voltados para a indústria de proteção contra incêndios e segurança da vida. O planinho contra incêndios possui também um QRCode que aponta para a página “Dicas de Bombeiro” onde os pais e crianças poderão ter acesso a outros materiais de prevenção à incêndio, acidentes domésticos etc.

A publicação contendo dicas de como elaborar um plano de fuga em caso de incêndios em residências é o primeiro material traduzido para o português, fruto de uma parceria entre o CBMDF e a NFPA. O folheto funciona como guia um prático e tem caráter lúdico, pois disponibiliza uma página em papel quadriculado para a criança desenhar o seu próprio planinho de fuga em caso situações de emergência relacionadas a incêndio em casa.

Inicialmente, o arquivo em PDF traduzido para o português poderá ser baixado no site www.cbm.df.gov.br ou na página da FPA pelo endereço eletrônico www.nfpa.org/factscheets, em inglês.

“Esperamos, em breve, ter outros materiais como este voltados para a educação pública, disponíveis na página do CBMDF”, reforça Cajali. Ainda de acordo com a corporação, a ideia é fazer a impressão do informativo e distribuí-lo para o maior número de pessoas possível.  

*Com informações da Secretaria de Segurança Pública