24/8/20 9:17
Atualizado em 24/8/20 às 14:29

Rotatórias no Paranoá Parque melhoram o trânsito

Em parceria com o Detran-DF e a Novacap, administração local constrói acessos às quadras 1/2 e 2/3

O Governo do Distrito Federal (GDF) tem investido no Setor Habitacional Paranoá Parque para melhorar a qualidade de vida de cerca de 40 mil moradores do local. Criada há cerca de sete anos, a região está ganhando infraestrutura e equipamentos públicos que vão melhorar a vida das pessoas. Para facilitar a locomoção da comunidade, por exemplo, a administração local está construindo duas rotatórias que darão acesso às quadras 1/2 e 2/3. Demanda antiga da população, os trabalhos devem ser finalizados em dois meses.

“Essa obra veio para ajudar a nossa comunidade, principalmente quem depende de ônibus, como é o meu caso”Alex Bispo, líder comunitário do Paranoá Parque

O morador do Paranoá Parque Alex Bispo comemora a ação do governo local. “Alguns motoristas faziam ‘gatos’ e acabavam causando acidentes”, comenta o morador de 42 anos, para quem a construção da região foi mal planejada, mas tem recebido melhorias graças aos esforços do GDF.

Administrador regional do Paranoá, Sérgio Damasceno ressalta que, além de poupar tempo, os moradores vão economizar combustível. “Era uma reivindicação muito antiga da comunidade. Sem essas rotatórias, os coletivos tinham que alterar a rota e não conseguiam fazer os retornos necessários”, relembra.

Foto: Administração do Paranoá/Divulgação

A obra teve início nessa segunda-feira (17) com remoção de pinturas e canteiros. O trabalho da administração tem apoio da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), que doará cerca de 24 toneladas de massa asfáltica. De acordo com Damasceno, a administração vai propor um estudo de ampliação de linhas de ônibus e implantação de paradas à Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob). Atualmente, quatro linhas atendem a região, com 111 viagens por dia.

A proposta das rotatórias foi uma parceria com o Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF). O diretor de engenharia do órgão, Pedro Paulo Gama, explica que após a construção das rotatórias serão feitas sinalizações horizontais e verticais no local. “Como as placas indicativas e faixas de retenção, de aproximação e de pedestre”, exemplifica.

Equipamentos públicos

O GDF tem investido em equipamentos públicos no Setor Habitacional Paranoá Parque. Até o final deste ano, moradores ganharão uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que está sendo erguida na Quadra Comercial 1. O local terá capacidade de atender 4,5 mil pessoas por mês.

Já a obra da Unidade de Saúde Básica (UBS) tem previsão de entrega para 2021 e conta com investimento de R$ 3,1 milhões. Recentemente, o governador Ibaneis Rocha visitou as obras e ressaltou a importância delas para a geração de emprego e renda na capital. Ele também comentou o processo de regularização da cidade, que vai beneficiar 65 mil famílias.

Acessibilidade

O setor habitacional também ganhou 400 metros de calçadas, que ligam a região ao Paranoá. Os passeios beneficiam cerca de 40 mil pessoas que moram em quase 7 mil apartamentos da região. Antes, os moradores e ciclistas disputavam espaço com os carros na pista, o que resultava em acidentes.

As calçadas dão acesso à nova entrada entre a DF-015 e o Paranoá Parque. A entrada facilita a locomoção de cerca de 20 mil motoristas da região, desafogando o trânsito tanto para quem deseja ir ao setor habitacional quanto para quem quer ir ao centro da região administrativa. Só havia um acesso, junto ao balão do Itapoã, situação que causava muita retenção de veículos.

Galeria de Fotos

Rotatórias no Paranoá Parque melhoram o trânsito