14/1/21 14:12
Atualizado em 14/1/21 às 14:50

Projeto Brasília Iluminada mobiliza coleta de lixo eletrônico

Plano de sustentabilidade prevê destinação correta de materiais até 17 deste mês, em três pontos de recebimento, e conta com envolvimento da população

Brasília Iluminada e Reciclotech se unem para fortalecer a Política Nacional de Resíduos Sólidos | Foto: Renato Alves / Agência Brasília

Sabe aquele computador quebrado e aquele telefone celular sem uso que só ocupam espaço em casa? Por meio do projeto Brasília Iluminada, os brasilienses poderão dar um destino nobre a esse lixo eletrônico, pois até 17 de janeiro os pontos de coleta instalados na Esplanada dos Ministérios, no point cultural Céu de Brasília (Praça do Cruzeiro) e no presépio virtual Luz do Mundo (Catedral Militar Rainha da Paz) receberão os materiais em desuso.

Nos dias 16 e 17 deste mês, a entrega do material também poderá ser feita, em sistema drive-thru, no ponto montado na Praça do Cruzeiro. Todos os produtos descartados serão encaminhados para reciclagem adequada.

A iniciativa integra o plano de sustentabilidade e legado social do Brasília Iluminada, projeto do Governo do Distrito Federal coordenado pelas secretarias de Economia, de Turismo, de Cultura e de Desenvolvimento Social. A coleta é feita em parceria com o programa Reciclotech, desenvolvido pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, e com a Organização Social Programando o Futuro, responsável pela destinação correta do lixo eletrônico. Qualquer produto elétrico e eletrônico quebrado, danificado ou sem utilidade por algum motivo, bem como pilhas e baterias descarregadas podem ser entregues nos postos de recebimento.

Além de promover o descarte de maneira adequada, o programa também recondiciona equipamentos que apresentarem condições de uso e, concluído o conserto, faz a doação desses materiais para alunos de baixa renda. O Reciclotech envolve ainda a capacitação de jovens de 14 a 18 anos de baixa renda em cursos voltados à tecnologia.

Decoração especial de ano-novo se espraia pelo trecho entre a Esplanada dos Ministérios e a Catedral Rainha da Paz, estrutura agora envolvida no projeto de sustentabilidade | Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília

O Reciclotech segue a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), que define a logística reversa como um instrumento de desenvolvimento econômico e social ao investir na coleta e na restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial. Uma vez recondicionado, esse material pode ser reaproveitado em diversos ciclos produtivos, ou mesmo ganhar outra destinação ambientalmente adequada. O DF é a única capital da Federação com programa ativo de logística reversa e economia circular.

Capital da Esperança

Capitaneado pela Secretaria de Economia, o projeto Brasília Iluminada celebrou o fim de ano com o lema “Capital da Esperança” e espalhou luz e magia pelo Distrito Federal, com uma decoração que valoriza elementos da identidade brasiliense, como a arquitetura e o Cerrado. Os 60 anos da capital também foram destacados na programação, que teve início em 18 de dezembro passado.

Monitores, teclados, controles, PCs… Tudo é reaproveitado pelas equipes do GDF, que estimula a população a descartar adequadamente os equipamentos | Foto: Paulo H. Carvalho / Agência Brasília

O projeto compreende dez eixos: Árvore Sonho e Realidade, árvores decorativas, Espaço Luz, Quadrante dos Presentes, Bolas Decorativas, Túneis Flor do Cerrado e Pórticos de Entrada, Praça do Buriti, point cultural Céu de Brasília, presépio virtual Luz do Mundo e o Trenó Luz. Totalizando 415.770 metros quadrados de área implantada com todos os eixos do projeto, a iniciativa é inédita na capital.

A programação, que continua até o próximo dia 17 de janeiro, conta com shows diários de luzes e atrações musicais. Além de embelezar a cidade, o projeto teve impacto positivo para a economia, com a geração de emprego e renda 100% local.

 

* Com informações da Secretaria de Economia