3/5/21 11:28
Atualizado em 3/5/21 às 11:33

Com 11 mil views, festival celebra diversidade cultural

Foram 88 atrações exibidas no formato on-line, durante dez dias

“A diversidade de nossas ações foi conectada nesse evento que brindou o aniversário da cidade” Bartolomeu Rodrigues, secretário de Cultura e Economia Criativa

Com 11 mil visualizações, I Festival Gira Cultura DF comemorou os 61 anos de Brasília com arte, capacitação e debate. A maratona de 57 horas reuniu 88 atrações em dez dias de atividades intensas entre 21 a 30 de abril, no canal do YouTube da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec), que obteve um crescimento de 76% de inscrições.

Presente às atividades tanto como gestor em painéis de debates quanto como espectador no chat ao vivo, o titular da Secec, Bartolomeu Rodrigues, comemora: “O Festival Gira Cultura DF mostrou o vigor da Secretaria de Cultura e Economia Criativa ao reunir, numa plataforma on-line, as principais políticas públicas da pasta. A diversidade de nossas ações foi conectada nesse evento que brindou o aniversário da cidade”.

Sessenta e um vídeos artísticos foram escolhidos por meio de edital para compor a programação, e cada um receberá R$ 2 mil. Exibido em 28 de abril, o vídeo da live da Banda Imagem foi o mais acessado, com 3,5 mil visualizações até esta segunda-feira (3). Nos anúncios e discussões sobre as políticas culturais, a live mais vista foi sobre o FAC BSB Multicultural, com mil visualizações.

Um dos blocos mais bem-sucedidos do Gira Cultura DF foi o das oito oficinas. Ao todo, foram capacitadas 1,3 mil pessoas, algumas delas integrantes dos conselhos regionais de cultura (CRCs). Todos os vídeos seguem postados no YouTube da Secec.

Nas redes sociais da Secec, o festival ultrapassou o alcance de 5 mil contas no Instagram, com mais de 1,5 mil interações. Esse é o primeiro festival totalmente on-line da Secec. Em dezembro de 2020, a pasta produziu o 53º Festival de Brasília do Cinema Brasília em formato híbrido entre o canal do YouTube da Secec, a plataforma Globo e o Canal Brasil, contemplando, só nesse último, um público de 620 mil espectadores.

*Com informações da Secec