Fale com o Governo Ações em Destaques

9/5/21 às 13:53

Exposição em drive-thru homenageia a natureza

Instalada nos Jardins Mangueiral, a mostra também tem como foco o mês das mães

Agência Brasília* | Edição: Chico Neto

Como forma de destacar o mês das mães, o Instituto Brasília Ambiental, por meio da Unidade de Educação Ambiental (Educ), promove uma exposição drive-thru no Centro de Práticas Sustentáveis (CPS), nos Jardins Mangueiral. No local, foram instalados 18 painéis, dispostos nas laterais de cinco cubos, com fotografias da natureza.

A mostra é permanente, podendo ser visitada das 9h às 17h| Foto: Divulgação/Brasília Ambiental

Segundo o chefe da Educ, Marcus Paredes, o objetivo é aproveitar o fluxo de carros para levar um pouco de tranquilidade, de maneira visual, àqueles que aguardam ansiosamente pela vacina e, ao mesmo tempo, homenagear a “Mãe Natureza”, com a chegada do mês de maio, que comemora todas as mães. A exposição é permanente, com visitação aberta das 9h às 17h.

Painéis podem ser vistos no mesmo local utilizado para vacinação pelo sistema drive-thru

“Estamos somando os esforços para multiplicar as ações de educação ambiental no DF”, afirma o gestor. “Lá no CPS, já ocorrem muitas atividades, e nós resolvemos possibilitar também a contemplação da mãe natureza para aqueles que aguardam nos carros – a nossa mãe que traz o acalento e o carinho que nós tanto precisamos nesses momentos de dificuldade.”

Compensação ambiental

O CPS é um prédio para atividades pedagógico-ambientais, construído com recursos de compensação ambiental, tendo a gestão compartilhada entre o instituto e o Movimento Comunitário do Jardim Botânico (MCJB). Suas instalações estão sendo usadas como posto de vacinação drive-thru pela Secretaria de Saúde (SES), como também o foram para testagem da covid-19.

A preocupação do CPS com o meio ambiente se revela tanto nos tipos de materiais usados na construção do prédio quanto na escolha dos fornecedores, o que levou a obra a obter a Certificação Aqua (Alta Qualidade Ambiental). O projeto é fruto de compensação ambiental das empreiteiras que ergueram o bairro Jardins Mangueiral.

*Com informações do Brasília Ambiental

Últimas Notícias