28/5/21 20:10
Atualizado em 28/5/21 às 20:10

Reunião da Comissão de Emergências Ambientais no aterro

O grupo fez visita guiada e tratou de EPIs. O objetivo é desenvolver ações de prevenção e resposta rápida para imprevistos com produtos perigosos

A Comissão Distrital do Plano Nacional de Prevenção, Preparação e Resposta Rápida a Emergências Ambientais com Produtos Perigosos (CD-PR2) do Distrito Federal realizou, na manhã desta sexta-feira (28), a primeira reunião extraordinária de 2021. O encontro aconteceu no aterro sanitário, em Samambaia.

Capacitação de servidores e mapeamento de áreas de risco fazem parte do escopo de ações da CD-PR2 | Fotos: Divulgação/Brasília Ambiental

Segundo explicou o superintendente de Fiscalização, Auditoria e Monitoramento (Sufam) do Brasília Ambiental, David do Lago Ferreira, o encontro representou “importante passo na consolidação da relação de insumos e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) a serem adquiridos pelos órgãos do Governo do Distrito Federal (GDF), que compõem CD-PR2”.

Durante a reunião, a empresa Clean fez demonstrações de uma série de equipamentos e insumos utilizados para o gerenciamento de áreas contaminadas, atendimento a emergências, gerenciamento de risco e também monitoramento de gases em aterros sanitários.

A definição da relação de insumos e EPIs é a Instrução 2 do Grupo de Trabalho da Comissão, e está sob a coordenação do Corpo de Bombeiros, que tem como responsabilidade estabelecer a metodologia e os prazos para apresentação dos produtos resultantes dos trabalhos desenvolvidos. Esse GT tem como função ainda a elaboração do Plano de Emergência do DF, no qual deve estar definido a responsabilidade de cada órgão em situação de emergência ambiental.

O encontro serviu também para que os integrantes da Comissão participassem de uma visita guiada por servidores do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) ao aterro sanitário. Eles puderam conhecer in loco como é feita a destinação final do resíduo sólido no DF e as ações de tratamento do chorume produzido.

Em visita ao aterro sanitário, integrantes da comissão conheceram como se dá a destinação final dos resíduos sólidos no Distrito Federal e o tratamento de chorume

Permanente 

A CD-PR2 é uma comissão permanente, criada por meio de decreto e tem como objetivo desenvolver ações de preparação, prevenção, e resposta rápida para situações de emergência ambiental com produtos perigosos. Prevê a capacitação de servidores dos órgãos, desenvolvimento de ações como barreiras de fiscalização, aquisição conjunta de materiais, equipamentos, insumos e serviços para atendimento a emergências, bem como a elaboração de um Plano Distrital que defina a atribuição de cada instituição nas situações de emergência. E ainda o mapeamento de áreas de risco no DF, entre outras iniciativas.

Participaram da reunião, além dos representantes do Brasília Ambiental, representantes do Corpo de Bombeiros, das Polícias Civil e Militar, Defesa Civil, SLU, Secretaria de Meio Ambiente (Sema), DER, Secretaria de Agricultura (Seagri), Caesb, Secretaria de Saúde e Ibama. A Comissão vai se reunir novamente no dia 18 de junho.

*Com informações do Brasília Ambiental