30/6/21 20:35
Atualizado em 30/6/21 às 20:58

Regiões administrativas do DF unidas na Rede Integra Cultura

Grupo tem o objetivo de articular o desenvolvimento, a democratização e a cooperação para o fortalecimento das políticas públicas culturais do DF

A Rede Integra Cultura (RIC), iniciativa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) em parceria com a Secretaria de Governo (Segov), reuniu, na manhã desta quarta-feira (30), representantes das duas pastas, do Conselho de Cultura do Distrito Federal (CCDF) e gerentes de cultura das regiões administrativas (RAs), no Museu Nacional da República, para a apresentação de um plano de trabalho conjunto.

A maioria das 34 regiões administrativas esteve representada por seus gerentes de cultura durante a reunião | Foto: Divulgação/Secec

Criado pela portaria conjunta Nº 5 de 2020, o mecanismo de integração cultural tem o intuito de articular o desenvolvimento, a democratização e a cooperação para o fortalecimento das políticas públicas culturais do Distrito Federal, e redimensiona o papel dos gerentes de cultura das regiões administrativas do DF.

“Com essa estratégia, estamos fortalecendo e mostrando a importância que tem o segmento cultural em uma cidade que é Patrimônio Cultural da Humanidade”Bartolomeu Rodrigues, secretário de Cultura e Economia Criativa

“Com essa estratégia, estamos fortalecendo e mostrando a importância que tem o segmento cultural em uma cidade que é Patrimônio Cultural da Humanidade. O mundo inteiro observa a Brasília diversificada e multicultural, por isso é preciso integrar e promover a participação das RAs”, explica Bartolomeu Rodrigues, secretário de Cultura e Economia Criativa (Secec).

A maioria das 34 regiões administrativas esteve representada por seus gerentes de cultura durante a reunião. Uma das atribuições desses agentes, no escopo da RIC, é promover a participação e inclusão social no âmbito das respectivas regiões administrativas, contribuindo com a atuação dos Conselhos Regionais de Cultura (CRCs).

Clique aqui e confira o processo de eleição para os Conselhos Regionais de Cultura (CRCs).

A secretária-executiva de Acompanhamento e Monitoramento de Políticas Públicas da Segov, Meire Lúcia Coelho, informou sobre a construção da identificação das necessidades das RAs, o mapeamento dos conselhos e a elaboração do plano de ações. “Nós estamos indo às localidades conversar com a comunidade e dialogar sobre quais são os primeiros passos para que a Rede Integra Cultura seja aprimorada.”, disse.

Formação

De início, serão promovidas três oficinas organizadas pela Secec e direcionadas aos gestores de cultura das regiões do DF. A formação acontecerá on-line, em decorrência da pandemia de covid-19. As aulas tratarão sobre a Lei Orgânica da Cultura, Comunicação e Cultura, e Captação de Recursos para Cultura.

De acordo com a chefe da assessoria de Articulação de Políticas Públicas, Mirella Ximenes, a disseminação da cultura em todas as RAs gera renda e melhores condições de vida para a população. “A gente está dando rosto aos gerentes de cultura para que a secretaria e a comunidade possam conhecê-los. Por isso queremos conhecer vocês, queremos trabalhar juntos com vocês, e assim levar a cultura e a economia criativa para todo o Distrito Federal”, concluiu.

A Secec reuniu, em seu portal eletrônico, informações das regiões administrativas, assim como de seus agentes e conselheiros culturais, que podem ser acessadas por toda a comunidade. O objetivo é integrar os conselheiros com os gerentes de cultura e elaborar um plano de ações para as áreas mapeadas.

Conheça mais sobre a Rede Integra Cultura

 

*Com informações da Secretaria de Cultura e Economia Criativa