Fale com o Governo Ações em Destaques

22/12/21 às 18:10

Projeto Férias ConVida recebe inscrições até 31/12

Interessados em desenvolver oficinas para adolescentes do Sistema Socioeducativo podem se cadastrar no site Voluntariado em Ação

Agência Brasília* | Edição: Rosualdo Rodrigues

“Com apoio dos voluntários, poderemos ofertar diversas atividades ocupacionais aos adolescentes, possibilitando o desenvolvimento de novas habilidades durante o período das férias escolares” Marcela Passamani, secretária de Justiça e Cidadania

Os voluntários que desejam desenvolver oficinas para os adolescentes do Sistema Socioeducativo têm até o dia 31 de dezembro para se cadastrarem no Projeto Férias ConVida, realizado semestralmente pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) durante o período de férias escolares. As inscrições são feitas pelo site do programa Voluntariado em Ação.

O projeto já está na quinta edição e busca proporcionar atividades esportivas, culturais, lazer e desenvolvimento pessoal aos adolescentes e jovens que cumprem medida socioeducativa em unidades de meio aberto, semiliberdade, internação e internação provisória.

“Com o apoio dos voluntários, poderemos ofertar diversas atividades ocupacionais aos adolescentes, possibilitando o desenvolvimento de novas habilidades durante o período das férias escolares”, explica a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani.

As propostas inscritas pelos voluntários devem abarcar temáticas de interesse dos jovens e que os ajudem a ampliar as habilidades socioemocionais importantes nesta fase de desenvolvimento humano.

“O projeto proporciona um momento de troca e enriquecimento pessoal, a partir do diálogo entre diferentes realidades e experiências que contribuem para reflexão e mudança na perspectiva de vida desses adolescentes”, explica o subsecretário do Sistema Socioeducativo, Demontiê Alves.

As oficinas serão executadas entre os dias 17 e 22 de janeiro de 2022 em uma das unidades do sistema socioeducativo. A data de cada ação que será acordada entre o voluntário e a responsável pelo projeto.

Antes, os voluntários precisam participar de uma formação via plataforma Google Meet. Esse treinamento contará com informações sobre o funcionamento do Sistema Socioeducativo no DF e das Unidades Socioeducativas, além de fomentar o conhecimento sobre a aplicação de oficinas de acordo com os objetivos da proposta.

*Com informações da Sejus-DF

Últimas Notícias