Fale com o Governo Ações em Destaques

24/6/22 às 17:44

Contagem regressiva para a 69ª edição dos Jogos Universitários Brasileiros

Em setembro, Brasília voltará a sediar o evento; cerimônia, na quinta-feira (23), marcou o lançamento oficial da competição, que reunirá cerca de 7 mil participantes

Agência Brasília* I Edição: Débora Cronemberger

A contagem regressiva para os Jogos Universitários Brasileiros 2022 começou! Na quinta-feira (23), a Confederação Brasileira de Desporto Universitário, em parceria com a Secretaria de Esporte e Lazer do DF (SEL) e o Ministério da Cidadania, lançou oficialmente a 69ª edição do JUBs. A maior competição esportiva universitária da América Latina será realizada em Brasília pelo segundo ano consecutivo.

A judoca Ketleyn Quadros, medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008, no lançamento da 69ª edição do JUBs | Foto: Edmundo Souza /SEL

Os JUBs serão novamente realizados na capital do país após uma edição de sucesso em 2021, que reuniu 5 mil participantes de 271 instituições de ensino superior (IES) competindo em 26 modalidades esportivas. Em 2022, o evento acontecerá entre os dias 18 e 25 de setembro, com 30 modalidades esportivas.

Para a secretária de Esporte e Lazer, Giselle Ferreira, os JUBs possuem o poder de unir, integrar e ampliar os olhares. “A edição de 2021 foi um marco para a nossa cidade. Movimentou R$ 12 milhões na economia local. Esse ano, a meta é reunir 7 mil participantes, entre atletas, chefes de delegação, árbitros, técnicos, voluntários e comitê organizador. Estamos ansiosos e felizes em ser a casa do esporte universitário pelo segundo ano consecutivo”, destaca.

A 69ª edição dos JUBs será realizada em Brasília, entre os dias 18 e 25 de setembro, com 30 modalidades esportivas | Foto: Divulgação/Confederação Brasileira de Desportivos Universitários

Os embaixadores da edição marcaram presença no evento: os atletas brasilienses Ketleyn Quadros, a primeira mulher do país a obter uma medalha olímpica em esportes individuais ao conquistar o bronze nos Jogos de Pequim, em 2008, e Cesar Castro, medalhista de prata na Universíade de 2005, na Turquia, em saltos ornamentais; e o judoca gaúcho João Derly, medalhista de bronze na Universíade de 2001, em Pequim, e campeão mundial de judô em 2005.

“Os momentos da minha vida foram nos JUBs, nos mundiais universitários, na Universíade – minha primeira construção como atleta e num evento com nível olímpico. Além disso, ter a oportunidade de ter vivências únicas e de criar laços em um momento extremamente importante, que é a escolha de carreira e de vida. Então, estar como embaixador do JUBs é uma alegria e satisfação enorme, e também poder ver outros jovens tendo as oportunidades que eu tive”, destacou João Derly.

O evento de lançamento contou com presença de autoridades como o ministro da Cidadania, Ronaldo Vieira Bento, o secretário especial de Esporte do governo federal, Marcelo Magalhães, e dos deputados federais Celina Leão e Júlio César Ribeiro.

*Com informações da SEL

 

Últimas Notícias