Fale com o Governo Ações em Destaques

7/10/22 às 19:31

Obras de alunos da rede pública são expostas no Museu Nacional da República

Parte do projeto Plenarinha e produzidos no ano letivo de 2022, trabalhos poderão ser vistos até o fim deste mês

Agência Brasília* | Edição: Rosualdo Rodrigues

Durante o mês de outubro, uma mostra de 70 trabalhos de estudantes da rede pública de ensino do Distrito Federal, produzidos ao longo do ano letivo de 2022, poderá ser vista em um dos auditórios do Museu Nacional da República. Eles são resultado da 10ª edição do projeto Plenarinha, desenvolvido pela Subsecretaria de Educação Básica (Subeb) da Secretaria de Educação.

A exposição, aberta na última quarta-feira (6), fica em cartaz até 30 de outubro com visitação gratuita. Em 2022, a temática do projeto – Criança arteira: faço arte, faço parte – teve como objetivo favorecer a percepção, a sensibilidade e a expressividade das crianças por meio das diferentes linguagens artísticas.

A exposição do projeto Plenarinha ocupa um dos auditórios do Museu da República até o fim deste mês | Foto: Ascom/SEEDF

O projeto Plenarinha começou em 2013 e tem o propósito de fortalecer o protagonismo da primeira infância no desenvolvimento humano. “O investimento na educação infantil traz resultados que nenhuma política consegue trazer. A nossa secretária não mede esforços para que consigamos fortalecer as instituições públicas do Distrito Federal numa oferta de educação de excelência para os nossos bebês”, destacou a subsecretária de Educação Básica da Secretaria de Educação, Solange Foizer.

Este ano, a Plenarinha começou no mês de abril e teve ações em todas as 14 coordenações regionais de ensino (CREs). Os trabalhos expostos foram escolhidos a partir das obras desenvolvidas nas Plenarinhas locais e regionais, nas quais participaram 68 mil crianças da educação infantil e do 1º ano de ensino fundamental atendidas pelas instituições públicas e parceiras no DF.

A chefe da assessoria especial da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) e secretária executiva do Programa Criança Feliz Brasiliense, Ana Caroline de Oliveira Souza, ressaltou a importância do projeto. “A Plenarinha alcança o desenvolvimento infantil por meio do protagonismo da criança e nós sabemos que a criança em um ambiente saudável, acaba sendo estimulada e tem muito mais possibilidades de desenvolvimento”, explicou a gestora.

Além da exibição das obras dos estudantes, a abertura da exposição contou com a apresentação artística das crianças do Centro Comunitário de Ceilândia, que dançaram Carimbó.

*Com informações da Secretaria de Educação do DF

Últimas Notícias