Fale com o Governo Ações em Destaques

12/10/22 às 11:08, Atualizado em 12/10/22 às 11:24

Parque Ecológico de Águas Claras ganha 11 bancos e mesas de madeira

Os novos equipamentos foram instalados no gramado, ao longo da pista de exercícios, e finalizados com verniz náutico, mais resistente à água

Catarina Lima, da Agência Brasília | Edição: Rosualdo Rodrigues

O Parque Ecológico Águas Claras acaba de ganhar 11 conjuntos de bancos e mesas, instalados no gramado, próximo à pista de exercícios. A ideia de disponibilizar os equipamentos aos frequentadores do parque foi do técnico de atividades de meio ambiente do Instituto Brasília Ambiental José Reis, que trabalha na unidade de conservação.

A empresária Ricca Batista escolheu o espaço para fazer o lançamento de sua marca de cafés gourmet | Fotos: Geovana Albuquerque/ Agência Brasília

Reis explicou que a madeira foi comprada com recursos provenientes de pecúnias destinadas pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), tendo a confecção dos bancos ficado a cargo de brigadistas que trabalhavam no local e possuíam conhecimento de marcenaria.

Com pouco mais de uma semana de instalados, os bancos e mesas já caíram no gosto dos frequentadores do Parque de Águas Claras, como a empresária Ricca Batista, 39 anos, que escolheu o espaço para fazer o lançamento de sua marca de cafés gourmet. Ela e a equipe aproveitaram o conjunto de mesa e bancos para expor os produtos.

“Sou moradora daqui e frequentadora do parque. Esses bancos aproveitaram muito bem a estrutura já existente. Eles tornam o local mais aconchegante. Para mim, chegou em boa hora; estou lançando minha marca de café, e a primeira coisa que pensei quando decidi realizar o evento aqui no parque foi utilizar as mesas e bancos”, destacou a empresária.

Para a aposentada Maria da Conceição Pereira, os novos bancos e mesas foram uma ideia maravilhosa: “Agora é possível parar para fazer um lanche, descansar”

Quando iniciou o projeto, José Reis pensou justamente em proporcionar mais conforto e opções para os usuários do Parque de Águas Claras. “São 15 quilômetros de pista, vi que havia a necessidade de pontos onde as pessoas pudessem descansar, parar para conversar”, disse.

A confecção dos equipamentos durou um ano. Segundo o servidor do Brasília Ambiental, os bancos e mesas são feitos com madeira resistente, com 30 centímetros de largura e cinco de espessura. Para o acabamento, foi usado o verniz náutico, mais resistente à água.

A servidora aposentada Maria da Conceição Pereira, 73, moradora de Águas Claras há três anos e frequentadora do parque, também aprovou os novos bancos e mesas. “A instalação desse material foi uma ideia maravilhosa. Agora é possível parar para fazer um lanche, descansar. Agora mesmo, passando por aqui, eu estava pensando em sentar”, disse ela, apontando para um dos bancos. Maria da Conceição caminhava com seu cãozinho enquanto a filha dava aulas de ioga.

O Parque de Águas Claras tem 95,4 hectares e está localizado em uma área de proteção ambiental na Região Administrativa de Águas Claras, ao lado da residência oficial do governador do Distrito Federal. A unidade foi inaugurada em 15 de maio de 2000 e é gerida pelo Instituto Brasília Ambiental.

Parque Ecológico de Águas Claras ganha 11 bancos e mesas de madeira

Últimas Notícias