Fale com o Governo Ações em Destaques

8/11/22 às 20:21, Atualizado em 8/11/22 às 20:35

Seminário debate políticas públicas de inclusão na mobilidade urbana

Evento promovido pela Semob será nos dias 16 e 17 de novembro na Escola de Governo

Agência Brasília* | Edição: Rosualdo Rodrigues

A necessidade de políticas públicas para aumentar a inclusão de pessoas na mobilidade urbana e oferecer o justo acesso aos meios de transporte está entre os temas que serão debatidos no I Seminário de Mobilidade Brasília (I Semob), que será promovido pela Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob) nos dias 16 e 17 de novembro, no auditório da Escola de Governo (Egov), a partir das 8h.

“O transporte só pode ser considerado acessível se todos tiverem oportunidade e facilidade para usá-lo. Muito já se evoluiu para isso, porém ainda existe uma parcela da população excluída por falta de políticas públicas para integrá-los” Artur Morais, auditor fiscal de Atividades Urbanas em Transportes

Servidores podem se inscrever até quinta-feira (10) no site da Semob – nos links 16 de novembro / 17 de novembro. As inscrições do público externo para participação presencial no evento estão encerradas, mas é possível assistir à toda a programação na transmissão ao vivo por este link da plataforma Zoom.

Uma das preocupações dos convidados para os debates no seminário diz respeito à inclusão das cerca de 14 mil pessoas diagnosticadas com deficiência intelectual (DI) e transtorno do espectro autismo (TEA) no Distrito Federal.

O auditor fiscal de Atividades Urbanas em Transportes, o doutor em Transportes Artur Morais afirma que “o transporte só pode ser considerado acessível se todos tiverem oportunidade e facilidade para usá-lo. Muito já se evoluiu para isso, porém ainda existe uma parcela da população excluída por falta de políticas públicas para integrá-los, como é o caso dos diagnosticados com DI e TEA”.

O auditor fiscal vai participar do painel A Mobilidade Urbana como Agente do Direito à Cidade, que contará também com a participação de Miguel Priscinote, pesquisador na área de transportes. Para Miguel, “a equidade social e financeira continua a desempenhar um grande papel na forma como os recursos são acessíveis a indivíduos e famílias. Porque o transporte público cria oportunidades sociais para membros da comunidade que podem não ter acesso de outra forma, ele continua sendo um serviço essencial e vital para a sociedade”, disse.

A necessidade de políticas públicas para aumentar a inclusão de pessoas na mobilidade urbana é um dos focos do I Semob | Foto: Paulo H. Carvalho/ Agência Brasília

Qualidade dos transportes

Durante o I Semob, serão realizados palestras, apresentações de trabalhos técnicos relacionados à sustentabilidade e cinco painéis com temas ligados ao transporte e à mobilidade no DF. Além dos aspectos do meio ambiente, os painéis abrangem a prosperidade econômica, a qualidade dos transportes e o impacto social da mobilidade.

“É preciso pensar que sistema de mobilidade nós queremos para a Brasília do futuro. Reunir os diversos atores e o poder público é importante para se discutir políticas e ações” Marconi Júnior, organizador do evento

De acordo com os organizadores, a motivação do seminário é ampliar o debate sobre a qualidade dos transportes para o justo acesso à cidade para todos. O Ministério Público (MPDFT) também participará, por meio da Promotoria de Justiça de Defesa da Ordem Urbanística, contribuindo para enriquecer a visão de uma mobilidade socialmente sustentável. A TCB vai apresentar detalhes do DF Acessível, programa de transporte especial para pessoas com mobilidade limitada.

O seminário buscou também uma visão global para os desafios locais da mobilidade do DF e Entorno. Estão confirmados palestrantes de Portugal e Austrália, que vão abordar os temas de espaço público para as pessoas e o uso de energias limpas no transporte público.

Além de ônibus elétricos, algumas cidades pelo mundo, como Sidney, na Austrália, já experimentam no transporte público veículos com motorização a hidrogênio. A Piracicabana, que opera no transporte público coletivo do DF, é pioneira na eletrificação da frota de ônibus e apresentará os resultados do projeto durante o I Semob.

Ainda referente à sustentabilidade, serão debatidos aspectos da mobilidade a pé e por bicicletas. As pessoas que comparecerem para participação presencial no seminário receberão, como brinde da Tembici, créditos do sistema de bicicletas compartilhadas de Brasília.

A exposição Mobilidade Sustentável, que acontecerá durante o Seminário, apresentará novas tecnologias para os sistemas inteligentes de transporte, exposição do carro elétrico do projeto Vem DF, além da coleta seletiva de resíduos eletrônicos pelo ônibus do programa Reciclotech, da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, parceira do evento.

“É preciso pensar que sistema de mobilidade nós queremos para a Brasília do futuro. Reunir os diversos atores e o poder público é importante para se discutir políticas e ações”, afirmou o organizador do evento, Marconi Júnior.

Serviço

I  Seminário de Mobilidade Brasília
Dias 16 e 17 de novembro, a partir das 8h
No auditório da Escola de Governo (Egov) e transmissão online pela plataforma Zoom
Links de inscrição para servidores: 16 de novembro / 17 de novembro
As inscrições de participantes externos para participação presencial no evento estão encerradas, mas é possível assistir à toda a programação na transmissão ao vivo por este link da plataforma Zoom.

Confira a programação:

*Com informações da Secretaria de Transporte e Mobilidade do DF

Últimas Notícias