Fale com o Governo Ações em Destaques

9/11/22 às 14:03

Federações esportivas podem indicar nomes para o Bolsa Atleta 2023

Entidades têm até 18 de novembro para encaminhar a documentação de atletas e paratletas aptos a receber o recurso mensal

Agência Brasília* | Edição: Rosualdo Rodrigues

Notícia boa e importante para os atletas brasilienses. A Secretaria de Esporte e Lazer (SEL) recebe até 18 de novembro indicações de nomes para o Programa Bolsa Atleta 2023. O programa ajuda financeiramente esportistas olímpicos e paralímpicos de alto desempenho, que sejam indicados por suas respectivas federações e que apresentem bons resultados em competições.

“Sabemos como é importante a tranquilidade e a certeza de que os treinos não serão interrompidos por problemas externos. Não medimos esforços para que todos possam se dedicar exclusivamente à prática esportiva” Giselle Ferreira, secretária de Esporte e Lazer

Criado a partir da Lei nº 2.402, de 15 de janeiro de 1999, o Bolsa Atleta garante recursos para a manutenção pessoal de atletas e paratletas em plena atividade esportiva de alto rendimento que não tenham patrocínio. O valor mensal de cada bolsa muda de acordo com a classificação dos esportistas e dos níveis da modalidade, conforme a legislação vigente.

A seleção é dividida em duas etapas. Na primeira, as federações devem encaminhar, para o e-mail protocolo@esporte.df.gov.br, até 18 de novembro, a documentação dos atletas requerentes a uma vaga do programa. Na segunda, os escolhidos deverão enviar Ofício de Indicação e documentação comprobatória para o e-mail bolsaatletadf2023@gmail.com até o dia 25 de novembro.

Para a secretária de Esporte e Lazer, Giselle Ferreira, o Bolsa Atleta faz muita diferença no cotidiano dos atletas. “Sabemos como é importante a tranquilidade e a certeza de que os treinos não serão interrompidos por problemas externos. Não medimos esforços para que todos possam se dedicar exclusivamente à prática esportiva”, afirma.

Leia também

Em 2023, serão 146 vagas olímpicas e 120 paralímpicas. O pagamento do benefício será realizado no mês subsequente à assinatura do Termo de Adesão, com previsão de início em janeiro de 2023. Os atletas ou entidades que entregarem os documentos fora dos prazos são diretamente responsáveis pelo atraso ou ausência de pagamento do benefício.

“Tenho certeza que, sem a Bolsa Atleta, eu não teria conquistado tantas vitórias e me destacado na natação. É graças ao programa que continuo na minha modalidade. Esse apoio é excepcional”, destaca o nadador Witor Hugo Lima, beneficiário do programa. Confira documentação e passo a passo para receber o auxílio no site da Secretaria de Esporte e Lazer.

*Com informações da Secretaria de Esporte e Lazer do DF

Últimas Notícias