Fale com o Governo Ações em Destaques

27/4/23 às 16:56, Atualizado em 27/4/23 às 17:24

Obras na Hélio Prates darão mais segurança e acessibilidade à população

Requalificação incluiu ampliação e remodelação de calçadas, reordenamento de bolsões de estacionamento e pavimentação em concreto de faixa para ônibus

Catarina Loiola, da Agência Brasília | Edição: Vinicius Nader

Os últimos detalhes da primeira etapa de obras da Hélio Prates estão sendo executados. Com investimento superior a R$ 20,2 milhões, a requalificação inclui ampliação e remodelação de calçadas, reordenamento de bolsões de estacionamento e pavimentação em concreto de faixa para ônibus. Nesta semana, operários e máquinas realizam retoques no paisagismo e sinalização.

A intervenção contempla um trecho de cerca de 2,5 km – em vias paralelas, indo da via M1, onde fica a Caixa d’água de Ceilândia, até a N3, próximo à Fundação Bradesco. Já estão prontas todas as quadras presentes no caminho: QNN 17, QNN 18, CNN 1, CNN 2, QNN 1, QNN 2, QNM 1 e QNM2.

O padrão de reforma abrange calçadas em um único nível de soleira e com bancos para a população, estacionamento organizado, via marginal e faixa de rolamento em pavimento rígido, além de rede de águas pluviais. Ao todo, foram executados cerca de 14 mil metros quadrados de calçada, instalados cerca de 160 bancos e construídos mais de 8 mil metros quadrados de estacionamento, com 445 vagas.

Ao todo, foram executados cerca de 14 mil metros quadrados de calçada, instalados cerca de 160 bancos e construídos mais de 8 mil metros quadrados de estacionamento | Fotos: Tony Oliveira/ Agência Brasília

O executor de contrato da Secretaria de Obras, Carlos Augusto Bueno Vieira, afirma que o projeto teve como princípio aumentar a segurança, a acessibilidade e o conforto da população que transita pela via que liga Ceilândia e Taguatinga. “As pessoas vão poder caminhar com mais segurança ao lado das lojas. Antes elas andavam no meio dos carros”, pontua.

O aposentado Francisco Nascimento, 68 anos, conta que a requalificação do trecho melhorou a trafegabilidade dele, que é cadeirante. “Antigamente era uma tristeza, não tinha espaço para passar a cadeira, tinha muito buraco. Agora não. Dá para passar direto, sem amolação. Ficou uma beleza”, comenta.

Ovidiana Francisca Gomes diz que a população tem que ajudar a conservar o local limpo

O ambulante Renovado Bento Rocha, 50, também elogia a mudança: “Ficou muito bom, era bem bagunçado”. Já a aposentada Ovidiana Francisca Gomes, 66, chama a atenção para a limpeza do espaço, que, para continuar em bom estado, preciso da colaboração da população. “As calçadas melhoraram muito, principalmente mais próximo do centro. Mas as pessoas precisam parar de jogar lixo no chão, para a cidade ficar bonita”, comenta.

Outras etapas

A recuperação da Avenida Hélio Prates compõe o Corredor Eixo Oeste. A segunda etapa na avenida compreende o trecho entre a QNG/QI 1 e a EPCT (DF-001) – Pistão Norte, com extensão de 2 mil metros. O pacote de obras inclui a escavação de duas bacias de contenção – serviço que está em andamento, além de calçadas ampliadas e remodeladas, estacionamentos reordenados e pavimentados, ciclovia, paisagismo e mobiliário urbano.

Obras na Hélio Prates darão mais segurança e acessibilidade à população

Últimas Notícias