Fale com o Governo Ações em Destaques

6/9/23 às 18:10, Atualizado em 6/9/23 às 18:21

Novas calçadas acessíveis vão dando forma ao Boulevard do Túnel Rei Pelé

GDF já executou mais de 3 mil m² de pavimentos totalmente reconstruídos na região central de Taguatinga. Ciclovias começam a receber sinalização

Thaís Miranda, da Agência Brasília | Edição: Débora Cronemberger

As equipes da Secretaria de Obras e Infraestrutura do DF já executaram 3 mil m² de calçadas novas na parte superior do Túnel Rei Pelé, no centro de Taguatinga. Para o boulevard, estão previstos um total de 18 mil m² de calçadas mais largas e acessíveis para o tráfego seguro entre pedestres. Para este projeto, o Governo do Distrito Federal (GDF) prevê investimentos de mais de R$ 3,1 milhões.

O GDF já executou 3 mil m² de calçadas novas na parte superior do Túnel Rei Pelé, no centro de Taguatinga | Fotos: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

Atualmente, as obras das calçadas estão em andamento em vários pontos do boulevard, incluindo a demolição da calçada velha existente, nivelamento do terreno e construção da nova calçada em concreto que atendam as normas atuais de segurança e acessibilidade. Já para a conclusão das obras da ciclovia, as equipes devem iniciar pelos próximos dias os serviços de sinalização horizontal e vertical.

Os trabalhos executados no boulevard do Túnel Rei Pelé também incluem a implantação de mobiliários urbanos, como balizadores de concreto, bate-rodas e defensas metálicas na divisão entre a pista exclusiva do BRT e o canteiro central.

“Eu moro aqui do lado, olhava para essa pista e via o engarrafamento, além de que trazia toda aquela poluição da combustão dos carros para dentro do meu apartamento. Era muito bagunçado e está ficando bonito”, diz a aposentada Ester Magalhães

“A obra está bem-adiantada, no período de seca conseguimos avançar bastante. Nós priorizamos essas melhorias no lado Sul, mais perto da Samdu, porque foi o local mais prejudicado durante as obras, foi onde realmente demorou mais para a gente tirar o tapume. Por isso, nossa intenção é beneficiar primeiro esse comércio que foi mais afetado”, explicou o secretário de Obras, Luciano Carvalho.

A aposentada Ester Magalhães, 75 anos, mora em Taguatinga desde a década de 1970. De acordo com ela, as obras melhoraram a estética do centro de Taguatinga. “Ficou bem mais bonito. O trânsito também parece que melhorou. Eu moro aqui do lado, olhava para essa pista e via o engarrafamento, além de que trazia toda aquela poluição da combustão dos carros para dentro do meu apartamento. Era muito bagunçado e está ficando bonito”, afirmou.

Já para a autônoma Lidiane da Conceição Santos, 42, a expectativa é para que a via exclusiva seja logo inaugurada para melhorar o trajeto de transporte público. “A obra está ficando boa. Facilitou mais a entrada no centro porque estava com muita dificuldade para chegar aqui, e sem contar que há várias opções de paradas de ônibus e isso vai facilitar bastante”, compartilhou.

Novas calçadas acessíveis vão dando forma ao Boulevard do Túnel Rei Pelé

Últimas Notícias