Fale com o Governo Ações em Destaques

22/9/23 às 10:12

Evento debate assistência qualificada a mulheres em situação de violência

Escola de Assistência Jurídica da DPDF receberá mesa redonda na próxima quinta (28) Inscrições estão abertas

Agência Brasília* | Edição: Vinicius Nader

A Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) promove, em parceria com a Comissão da Mulher do Conselho Nacional das Defensoras e Defensores Públicos-Gerais (Condege), a mesa redonda Assistência Qualificada às Mulheres em Situação de Violência: Estratégias para o Efetivo Cumprimento da Lei Maria da Penha. O evento ocorre na próxima quinta-feira (28), às 18h, no auditório da Escola de Assistência Jurídica da DPDF (Easjur/DPDF), no Setor Comercial Norte, Quadra 01, Edifício Rossi Esplanada Business. As inscrições estão abertas e vão até o dia 27 de setembro, por meio do site da Easjur.

Para a subdefensora pública-geral Emmanuela Saboya, é importante que a Defensoria Pública do DF reforce o compromisso de atuar em prol das mulheres em situação de vulnerabilidade. “Nos últimos meses, temos visto muitos casos de feminicídio no DF. Essa triste realidade precisa gerar reflexões sobre o efetivo cumprimento da Lei Maria da Penha, além de formas de prevenir a ocorrência de novos casos. A mesa redonda será importante por isso”, defende.

“Para essa temática, é essencial um esforço contínuo e coordenado para que possamos criar um ambiente em que todas as mulheres possam viver livres da violência e ter acesso ao apoio e aos serviços adequados” Antônia Carneiro, defensora pública

A defensora pública e chefe do Núcleo de Promoção e Defesa dos Direitos das Mulheres, Antônia Carneiro, destaca a abordagem de questões relacionadas aos direitos humanos, à igualdade de gênero, à saúde, à segurança e à justiça. “Para essa temática, é essencial um esforço contínuo e coordenado para que possamos criar um ambiente em que todas as mulheres possam viver livres da violência e ter acesso ao apoio e aos serviços adequados”, afirma.

O evento contará com palestras de Antônia Carneiro; da vice-presidente da Associação Brasileira de Mulheres de Carreiras Jurídicas, Aline Bianchini; e da defensora pública do Paraná e coordenadora do Núcleo de Promoção e Defesa dos Direitos das Mulheres, Mariana Martins Nunes.

*Com informações da Defensoria Pública do DF

Últimas Notícias