Fale com o Governo Ações em Destaques

15/11/23 às 18:29

Agências do trabalhador ofertam 307 vagas nesta quinta

Dos cargos, 147 são exclusivos para pessoa com deficiência

Rafaela Atta, da Agência Brasília | Edição: Vinicius Nader

Nesta quinta-feira (16), após o feriado da Proclamação da República, as agências do trabalhador abrem com 307 ofertas de emprego. Dessas, 147 oportunidades são exclusivas para pessoa com deficiência (PcD).

Repositor de mercadorias é o cargo com mais chances, são 126 para local não fixo (R$ 1.399) e sete para a Asa Sul (R$ 1.443). Já para ser repositor de supermercado (R$ 1.399) são cinco vagas em Ceilândia Norte. Os cargos não exigem experiência. Na Asa Sul, há nove oportunidades para auxiliar de limpeza receber entre R$ 1.443 e R$ 1.700.

Dos outros cargos, para atuar na área de atendimento, há as opções de trabalhar em lanchonete (30) ou como balconista (5). As vagas são para Taguatinga, Samambaia e Guará. Quem busca um estágio pode se candidatar as seis ofertas de atendente de telemarketing, na Asa Sul, ou a de operador de caixa, no Guará.

As profissões que trabalham pelo salário acima de R$ 2 mil são as de: bombeiro hidráulico (2), cozinheiro de restaurante (5), pedreiro (1), pintor de obras (2), barman (5), chef de cozinha (5), cozinheiro geral (5), garçom (5), maître de restaurante (5), mecânico de manutenção de caminhão a diesel (1), mestre de obras (1) e serralheiro de alumínio (1).

Os interessados podem cadastrar o currículo no aplicativo Sine Fácil ou ir a uma das 14 agências do trabalhador, das 8h às 17h, durante a semana. Mesmo que nenhuma das chances do dia seja atraente ao candidato, o cadastro vale para oportunidades futuras, já que o sistema cruza dados dos concorrentes com o perfil que as empresas procuram.

Empregadores que desejam ofertar vagas ou utilizar o espaço das agências do trabalhador para entrevistas podem se cadastrar pessoalmente nas unidades ou pelo aplicativo Sine Fácil. Também é possível solicitar atendimento pelo e-mail gcv@setrab.df.gov.br. Pode ser utilizado, ainda, o Canal do Empregador, no site da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda (Sedet).

Últimas Notícias