Fale com o Governo Ações em Destaques

15/11/23 às 11:11

Pesquisa brasiliense de agricultura urbana é destaque na Tailândia

Estudo de pesquisadora do IPEDF a respeito da técnica faz um diagnóstico com o objetivo de refletir sobre o desenvolvimento dessa prática na capital federal

Agência Brasília* | Edição: Saulo Moreno

A coordenadora de Estudos Ambientais do Instituto de Pesquisa e Estatística do Distrito Federal (IPEDF), Aline da Nóbrega, apresentou a pesquisa Caracterização da Agricultura Urbana e Periurbana no DF (Relatório e Sumário executivo) em simpósio internacional na capital da Tailândia, Bangkok. A pesquisadora viajou a convite do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) para o TeebAgrifood Global Symposium: Making the economic case for sustainable food systems transformation, evento realizado entre os dias 7 e 9 deste mês.

A pesquisadora Aline da Nóbrega comemorou o resultado da participação no simpósio: “Essa troca de experiências sobre agricultura urbana e periurbana demonstra que a pesquisa desenvolvida pelo IPEDF está alinhada com as agendas globais, sobretudo nos estudos que avaliam a provisão de serviços ecossistêmicos aliada à produção de alimentos” | Foto: Arquivo pessoal

O Pnuma é a autoridade ambiental que determina a agenda internacional no tema, promove a implementação da dimensão ambiental do desenvolvimento sustentável e atua como defensor do meio ambiente no mundo. O objetivo do encontro é promover trocas de experiências e a colaboração entre os países sobre a transformação dos sistemas alimentares, considerando argumentos econômicos.

O encontro reuniu mais de 100 convidados de diversos países, técnicos de governo, parceiros e especialistas envolvidos no The Economics of Ecosystems and Biodiversity – TEEB (Economia dos Ecossistemas e da Biodiversidade) para compartilhar experiências, resultados e aprendizados na implementação de pesquisas e políticas nas pautas da agricultura urbana e periurbana, agricultura de baixo carbono, entre outros temas relacionados ao desenvolvimento sustentável e segurança alimentar.

Além da representante do instituto, a delegação brasileira contou com a participação de representantes dos ministérios do Meio Ambiente e Mudança do Clima (MMA), da Agricultura e Pecuária (Mapa), do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS) e do Trabalho e Emprego (MTE), bem como de técnicos da Prefeitura de São Paulo (SP), pesquisadores de institutos e universidades, além da sociedade civil atuante nas pautas de agricultura urbana e periurbana.

Para Aline da Nóbrega, o simpósio foi enriquecedor: “Essa troca de experiências sobre agricultura urbana e periurbana demonstra que a pesquisa desenvolvida pelo IPEDF está alinhada com as agendas globais, sobretudo nos estudos que avaliam a provisão de serviços ecossistêmicos aliada à produção de alimentos. Foi gratificante observar como essas discussões refletem o compromisso com práticas sustentáveis e inovadoras na nossa região”, concluiu.

A pesquisa

Nomeado Caracterização da Agricultura Urbana e Periurbana no Distrito Federal, o estudo faz um diagnóstico da agricultura no DF, suas características e atores, as tipologias encontradas e os potenciais de produção, com o objetivo de refletir sobre o desenvolvimento dessa prática na capital federal. A agricultura urbana e periurbana é fundamental para fortalecer a segurança alimentar e nutricional, gerar renda às populações em situação de vulnerabilidade social, reduzir a distância entre produtores e consumidores e gerar benefícios ambientais.

*Com informações do IPEDF

Últimas Notícias