Fale com o Governo Ações em Destaques

21/11/23 às 10:36

Iniciada etapa de concretagem no Viaduto do Riacho Fundo

Na próxima etapa está planejada a liberação do tráfego de veículos na via sentido Samambaia; obra tem investimento de R$ 22,3 milhões

Thaís Miranda, da Agência Brasília | Edição: Carolina Lobo

Depois de liberar o fluxo de veículos na segunda laje do Viaduto do Riacho Fundo, estrutura que fica abaixo do balão na via Estrada Parque Núcleo Bandeirante (EPNB), no sentido Plano Piloto, as equipes do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF) deram início à concretagem da laje do elevado no sentido Samambaia.

Com R$ 22,3 milhões de investimento do GDF, a obra vai beneficiar 100 mil pessoas que usam a EPNB | Fotos: Lúcio Bernardo Jr./Agência Brasília

Nesse sentido da via, o trânsito segue com desvio para o canteiro central. Além da concretagem, as equipes trabalham simultaneamente nos serviços de escavação e instalação das ferragens.

Manoel Augusto Martins Alves: “É muito bom receber essas intervenções aqui. Vai aliviar o trânsito”

“Na via que segue para Samambaia, após a gente concluir a concretagem, aguardamos um intervalo de aproximadamente 20 dias até atingir a resistência do material, para podermos liberar o trânsito neste sentido também e acabar com os desvios na região”, explica Sandra Martins, engenheira do DER-DF.

O faturista Manoel Augusto Martins Alves, 31 anos, sempre foi morador do Riacho Fundo. De acordo com ele, é a primeira vez que presencia uma obra de mobilidade dessa dimensão na região. “É muito bom receber essas intervenções aqui. O trânsito fica um pouco pior por um tempo, mas vai melhorar quando a obra for entregue. Vai aliviar o trânsito de veículos”, pontuou.

Investimento

As pistas terão 200 metros de comprimento cada uma e facilitarão o acesso tanto para o Riacho Fundo quanto para a Área de Desenvolvimento Econômico (ADE), em Águas Claras. Com R$ 22,3 milhões de investimento do GDF, a obra vai beneficiar 100 mil pessoas que usam a EPNB.

Os viadutos em construção no Riacho Fundo serão tipo trincheira (subterrâneos) e as escavações feitas por baixo servirão de retorno para atender os dois sentidos da EPNB – tanto Samambaia quanto para quem vai para o Plano Piloto. A obra será formada por duas passagens em formato de alças. Quando prontas, eliminarão o atual balão.

Últimas Notícias