Fale com o Governo Ações em Destaques

22/11/23 às 17:35, Atualizado em 22/11/23 às 17:37

Professores vão levar lições de empreendedorismo para escolas do DF

Docentes da rede pública fizeram curso de formação oferecido pelo Sebrae

Agência Brasília* | Edição: Chico Neto

Lições de empreendedorismo serão levadas às escolas públicas do DF. Na noite desta terça-feira (21), uma cerimônia marcou o encerramento do Programa de Formação Continuada Docente Empreendedor, curso durante o qual 11 professores que se destacaram foram premiados.  

A iniciativa é fruto de uma parceria entre a Secretaria de Educação do DF (SEE) e o Sebrae-DF para capacitar professores da rede pública, visando integrar o empreendedorismo ao ambiente educacional. Ao todo, 555 educadores fizeram o curso.

Professores que se destacaram no curso foram premiados; as duas primeiras colocadas ganharam uma viagem para a Espanha | Foto: Felipe Noronha/SEEDF
“O reconhecimento desses professores exemplares é uma valorização do esforço coletivo pela melhoria do ensino da rede pública do DF” Hélvia Paranaguá, secretária de Educação

Ao longo dos 18 meses de duração do curso, os docentes foram desafiados a aplicar práticas empreendedoras no contexto escolar, alcançando mais de 90 mil estudantes da rede pública. 

“Este programa não apenas enriqueceu o repertório dos professores, mas também teve um impacto significativo na vida de nossos estudantes”, afirmou a secretária de Educação, Hélvia Paranaguá, durante a cerimônia. “O reconhecimento desses professores exemplares é uma valorização do esforço coletivo pela melhoria do ensino da rede pública do DF. É um mérito para aqueles que têm dedicado tempo e esforço a moldar o futuro do nosso país por meio da educação.”

Também presente à solenidade, a superintendente do Sebrae, Rose Rainha, declarou: “O empreendedorismo na educação é um pilar para o desenvolvimento socioeconômico, e esses professores são verdadeiros agentes de transformação”.

Classificação

O programa de formação continuada desempenha um papel fundamental na preparação de professores, fornecendo-lhes ferramentas e conhecimentos para transmitir as habilidades empreendedoras aos seus alunos. Os premiados foram selecionados com base em critérios como inovação no ensino, engajamento dos alunos e contribuição para o fortalecimento do espírito empreendedor.

“A educação empreendedora não é somente uma disciplina, mas uma mentalidade que podemos instigar em nossos alunos, preparando-os para enfrentar os desafios com criatividade e resiliência” Miriam Assunção, da Escola Bilíngue de Taguatinga

As professoras Aline Paixão, do Centro de Ensino Fundamental (CEF) 120 de Samambaia, e Miriam Assunção, da Escola Bilíngue de Taguatinga, foram escolhidas para o primeiro lugar e ganharam uma viagem para Barcelona (Espanha). Durante a estadia, entre 7 e 14 de dezembro, a programação delas inclui visita a instituições de ensino locais.

“Isso tudo o que está acontecendo é a validação de anos dedicados a moldar mentes empreendedoras”, disse Aline. “A oportunidade de participar do programa de formação do Sebrae foi transformadora, e ver os frutos desse investimento reflete o comprometimento não apenas com o ensino, mas com o futuro dos nossos alunos.”

Miriam, por sua vez, ressaltou a importância do programa no desenvolvimento profissional e na construção de uma abordagem pedagógica mais alinhada com as demandas do mundo atual: “O Sebrae proporcionou uma experiência única, desafiadora e enriquecedora. Estar entre os premiados é a confirmação de que a educação empreendedora não é somente uma disciplina, mas uma mentalidade que podemos instigar em nossos alunos, preparando-os para enfrentar os desafios com criatividade e resiliência”.

*Com informações da Secretaria de Educação do DF

Últimas Notícias